Joe Veselko e a jovem surfista Francisca, um dos valores nacionais do surf. Joe Veselko e a jovem surfista Francisca, um dos valores nacionais do surf. Foto: Arquivo Pessoal

Itens relacionados

quarta, 09 maio 2018 09:43

Joe Veselko esteve no Surf Ranch e falou sobre a experiência à Surftotal

Confere a entrevista exclusiva… 

 

Depois da realização da Founders Cup of Surfing, este último fim de semana, que juntou milhares de fãs, não só no próprio local, mas também ao redor do planeta através da transmissão online; a Surftotal revela a opinião e o testemunho de Joe Veselko, pai da jovem surfista lusa Francisca Veselko, que esteve presente em Lemoore e assistiu in loco à abertura oficial ao público. Eis o que nos contou: 

 

Que sentes que este tipo de competição pode trazer para o Surfing? Tornará o desporto mais popular? Trará mais fãs?

Joe Veselko: Bem, eu penso que é novo e excitante e uma extensão interessante para o nosso desporto, pois, de acordo com o que ouvi, vai crescer com mais piscinas noutras regiões. Não acredito que alguma vez substitua o oceano, mas é uma grande ferramenta de treino. Para mim, é um pouco repetitivo e previsível. A não ser que a onda fique maior, parece que a tela do Surf Ranch de Kelly Slater apenas permite desenhar certos tipos de linhas de forma a se conseguir fazer a onda. 

 

“(…) é novo e excitante e uma extensão interessante para o nosso desporto"

 

- O público e fãs do surf compareceram em peso. Foto: WSL/Cestari

 

No webcast a onda parecia demorar muito tempo até se formar… 

Joe Veselko: Eu não sei por que cada onda leva um certo tempo a ser gerada. Talvez seja devido à quantidade de energia que é necessária para que o aparelho consiga operar. Poderá ser mais interessante, no futuro, se conseguirem gerar múltiplas ondas ao mesmo tempo, permitindo que mais ondas quebrassem e fossem surfadas. 

 

“No futuro poderá ser interessante se conseguirem gerar múltiplas ondas"

 

- Johanne Defay - Team Europa - Foto: WSL/Cestari

 

Como foi observar in loco?

Joe Veselko: No local, a extensão e o tamanho da onda é simplesmente surpreendente. Vê-la online, pelo computador ou TV, não é a mesma coisa, pois não dá a perspetiva real de quão comprida a onda é na realidade.  

 

“A extensão e o tamanho da onda é simplesmente surpreendente”

 

- Kolohe Andino - Team EUA - Foto: WSL/Cestari

 

Como poderá ser o futuro? 

Joe Veselko: Essas piscinas de ondas são surpreendentes e divertidas por agora, mas acredito que num futuro próximo se tornem aborrecidas de observar. Longe do oceano elas podem começar a produzir uma nova safra de surfistas produzidos no interior do país, que podem nunca sobreviver no oceano. (risos)

 

--

Aproveita e vê também a nova piscina do Texas, aqui e aqui, que se diz ser mais versátil e que já está a deixar, segundo os críticos de serviço, a tecnologia do Surf Ranch obsoleta. 

Perfil em destaque

  • Rodrigo Chaves Rodrigo Chaves

    Conhece um dos jovens surfistas da região da Grande Lisboa… 

vimeo

 

 

Scroll To Top