Paulo do Bairro treina a seleção da Dinamarca Paulo do Bairro treina a seleção da Dinamarca

Itens relacionados

segunda, 18 março 2019 16:22

PAULO DO BAIRRO - SELECIONADOR DO SURF TEAM DINAMARCA

Paulo do Bairro, ex Campeão Nacional de Surf é a mais recente aquisição da Federação Dinamarquesa de Surf.

 

Portugal pode encher-se de orgulho, há três países que optaram por treinadores "made in Portugal" para estarem à frente das suas seleções nacionais de surf. Agora que o Surf entrou nos jogos Olímpicos (Japão 2020), a corrida ao ouro olímpico "obrigou" que todos os Países investissem  a sério nas suas equipas.

Pedro Barbudo na Rússia, Paulo do Bairro na Dinamarca e Miguel Moreira, apesar de treinar apenas um atleta Polaco, também se insere nesta demanda.

A Surftotal falou com os três treinadores, e cada um dos treinadores à sua maneira conquistaram naturalmente estas oportunidades. 

 

Hoje podes ler a entrevista de Paulo do Bairro e perceber o seu trajeto até à chegada da seleção nacional da Dinamarca. 

 

ENTREVISTA INTEGRAL - PAULO DO BAIRRO - SELECIONADOR DINAMARQUÊS DE SURF:

 

Paulo conta-nos um pouco do teu trabalho no mundo do surf este ultimo ano?

Desde alguns anos, que trabalho para o Lapoint surfcamp como treinador no programa de “coaching” que eles têm.

Em 2018 tornei-me treinador da equipa de surf da Dinamarca, e também tenho a minha marca de pranchas, a Divine surfboards, que desenvolvo já há algum tempo.

 

Como surgiu esta oportunidade de treinar a seleção Dinamarquesa?

Contactaram-me para saber se eu estaria interessado no projecto, e para saber qual era a minha filosofia e ideias para o desenvolvimento do surf na Dinamarca.

*Paulo do Bairro durante a coordenação de um dos treinos da seleção Dinamarquesa de Surf.

 

 

"O objectivo é em primeiro lugar

 a evolução do surf estruturado na Dinamarca"

 

 

Quais os principais objetivos?

O objectivo é em primeiro lugar a evolução do surf estruturado na Dinamarca, com acções regulares com um grupo de atletas.

Em segundo, a criação de uma equipa que possa representar a Dinamarca nas diversas competições de equipas.

 

Agora que a modalidade surf está nos jogos olimpicos, como vês esta realidade? os pontos positivos?

A passagem do surf a modalidade Olímpica veio trazer muita visibilidade ao surf, bem como, a disponibilidade de fundos monetários para o surf.

A disponibilização desses fundos veio dar a possibilidade de países que não tinham uma estrutura organizado, o possam fazer agora, e possam desenvolver o surf federado nesses países.

 

Onde são efetuadas as preparações do team Dinamarquês? Como se processa?

A preparação é feita na Dinamarca, durante alguns fins de semana distribuídos durante o ano. Em Portugal, com semanas mais intensas, e um estágio final no fim do ano, que em 2018 foi feito em Marrocos.

 

Podemos encontrar já um bom nível de surf no team Dinamarquês?

Sim, já há alguns surfistas com bom nível na Dinamarca, mas o mais importante é que a Dinamarca possui bom talento residente na Dinamarca.

Em muitos países do norte, os melhores surfistas não habitam no próprio país, por isso não contribuem directamente para o desenvolvimento do surf nesses mesmos países.

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top