Itens relacionados

segunda, 25 março 2019 08:56

COMO NASCE UMA MARCA DE FATOS DE SURF

A paixão pelo surf leva a concretizar sonhos e quebra mesmo paradigmas. Estivemos à conversa com Jeroen Coppens um dos criadores da marca SRFACE.

"O que já foi feito com sucesso noutras indústrias acaba de ser introduzido na indústria do surf." Este chavão levou-nos ao encontro de Jeroen Coppens, surfista Holandês que diz ter criado, juntamente com 3 outros amigos, "Um fato de surf acessível e de alta qualidade devido à relação direta com o cliente. O resultado final de quase dois anos de pesquisa, design e testes é um fato de surf com um conceito diferente"

 

Surftotal -Olá, Jeroen. Conta-nos um pouco sobre ti e a tua história. Podes-nos fazer uma apresentação pessoal?

Jeroen Coppens - Eu nasci na Holanda, um país onde a maioria das crianças pratica windsurf. Especialmente quando eu era criança fazia bastante.

 


Como é que o surf começou a fazer parte da tua vida?

Comecei a praticar com amigos no oceano a fazer ondas no Mar do Norte. Após uma boa sessão de windsurf, quando o vento era favorável, tentávamos surfar nas nossas pranchas, mas embora nos tenhamos divertido muito ficou bastante claro que precisávamos de pranchas de surf.

 

 

"às vezes também é difícil, especialmente para as pessoas ao meu redor

que não sabem o quão forte pode ser o sentimento interior pelo Surf"

 


 
Porquê o surf?

Nessa altura (nos anos 90) o surf era residual na Holanda. Para a maior parte das pessoas era algo que apenas se "fazia no Havaí". De qualquer forma, experimentámos as pranchas de surf e ganhámos o gosto ao surfar cada vez mais, principalmente nas viagens a França. Basicamente, França era a zona mais próxima com boas ondas, por isso fiz dezenas de curtas viagens de surf com amigos onde saíamos na quinta-feira à noite. Conduzíamos a noite toda e surfavamos de seguida. Acabávamos por voltar domingo à noite para estarmos na escola logo cedo. Estas foram as melhores manhãs de segunda-feira da minha vida :-)


O que mudou na tua vida após começares a surfar?

A primeira mudança foi aos 13 anos de idade quando, ao acordar, a primeira coisa que fiz foi verificar as previsões, algo que não acontecia antes. Na realidade tudo na minha vida mudou após começar o surf, inclusivé os estudos, o meu trabalho, a minha casa, os meus amigos e a minha família. Quem me conhece sabe que a minha prioridade é o surf e ir para a água quando as condições são boas. Tive muito bons momentos de surf, mas às vezes também é difícil, especialmente para as pessoas ao meu redor que não sabem o quão forte pode ser esse sentimento interior. Mas acho que todos os surfistas sabem do que estou a falar... "Risos".

Muitas viagens pelo mundo em busca de ondas?

Quando consegui um pouco mais de dinheiro, comecei a viajar para outros locais como Portugal e Ilhas Canárias. Mais tarde tive a sorte de poder fazer uma viagem bastante longa e aí fui à Indonésia, Austrália, Nova Zelândia, Fiji, Havai e Califórnia. No entanto, o lugar ao qual eu continuo a voltar é à  Costa Rica a um pequeno local que fica perto de Pavones, quase no meio do nada. Eu simplesmente amo a natureza de lá, estar longe do dia-a-dia e apenas comer, surfar e dormir. Do outro lado da baía estão três das minhas ondas favoritas, Matapalo, Backwash e, quando está grande, Pan Dulce.

 

 

"julgo saber as características necessárias que um bom fato de surf deverá ter."


 

Como começou a ideia de construir uma marca de fatos de surf?

Eu também trabalhei na indústria de surf e snowboard por algum tempo e conheci a indústria de dentro para fora. Foi ótimo trabalhar e viajar com surfistas como Marlon Lipke para as Ilhas Maldivas e Telos, mas também a patrocinar eventos do QS como o Vendee Pro.

Foi aqui que desenvolvi os primeiros fatos de surf para os nossos team riders e aí fiquei a perceber como estes são produzidos. Para além disso durante a minha vida de surfista, no passado, usei praticamente fatos de todas as marcas existentes no mercado e agora julgo saber as caracteristicas necessárias que um bom fato de surf deverá ter.

A minha experiência na Industria e marketing acabou por se aprimorar quando um amigo meu me lançou um desafio de criar a nossa própria marca de fatos de surf.

 

Qual a razão de terem dado o nome SRFACE à vossa marca e como definem o vosso conceito?

Dois dos nossos fundadores (Augustus e Christiaan) são surfistas de longa data e sempre tiveram o objetivo de lançar um negócio na indústria do surf. Tudo começou quando Christiaan estava prestes a comprar um colchão de uma marca muita cara(casper.com) que estava na altura a invadir o mercado. Augustus mostrou a Christian alguns exemplos de empresas que construiam aquele tipo de produtos e este acabou por mudar de ideias. Foi uma escolha fácil: melhor qualidade, melhor preço, melhor serviço e melhor garantia. Alguns dias depois, Augustus estava a comprar um fato de surf (com carapuço) de 6 mm por mais de 500 euros e começou a questionar-se porque razão os fatos de surf são tão caros. Como na indústria de colchões, deveria haver uma alternativa online mais barata. Foi nesta altura que começámos a pensar mais seriamente nesta ideia. Um amigo de Christian, o Reinier, (o nosso 4º fundador) que já desenvolvia fatos de surf há mais de 10 anos, juntou-se a nós e aí tudo ficou mais fácil.

Relativamente ao nome, este surgiu após uma sessão de surf, quase ao pôr do sol, em que as condições estavam glass. Nós andávamos a pensar em qual nome dar à marca e de repente tudo fez sentido. Naquele momento, quando o sol se estava a pôr olhámos para o horizonte e vimos o mar totalmente glass e com uma tonalidade laranja e dourado. A superfície do Oceano é o nosso "playground". Foi assim que surgiu a cor laranja e o nome SRFACE

A grande filosofia por detrás da Marca é a de permitir aos nossos clientes experienciarem um bom fato e poderem adquiri-lo online. O nosso website está desenhado para dar aos nossos clientes o pack total que precisam para comprar online. Pode-se encontrar facilmente o tamanho correto usando o nosso Fit Finder, assim como o Brand Converte e escolher a espessura correta com o Thickness Calculator. As entregas e devoluções são grátis para a Europa e podem ainda experimentar o fato (sem surfar) num período de 30 dias. Queremos que os nossos clientes fiquem absolutamente felizes com o nosso produto. Temos um atendimento online de praticamente 24 horas durante todos os 7 dias da semana. (bem, quase também precisamos de dormir....) risos. Aqui, ajudamos os surfistas a escolherem o fato certo e respondemos a todas as suas questões. Nós temos vindo a perceber que é um serviço muito apreciado e adoramos fazê-lo.

 

 

"O nome SRFACE surgiu após uma sessão de surf

quase ao por do sol em que as condições estavam glass."

 

 

Quais as vantagens dos fatos de surf SRFACE?

Com a SRFACE, nós queremos traçar um caminho diferente e proporcionar a melhor experiência, ao verdadeiro surfista ao "guerreiro de fim de semana", ou como prefiras chamar. São homens e mulheres(os fatos das mulheres estão a chegar em breve) como nós, que são apaixonados pelo surf e que querem desfrutar ao máximo das ondas. Queremos ficar o mais perto dessas pessoas tanto quanto possível.

O que a SRFACE oferece em alternativa é a possibilidade de comprar um fato de surf com excelentes acabamentos ao melhor preço do mercado. Uma escolha fácil; melhor qualidade, melhor preço, melhor serviço e melhor garantia. Fabricar um fato isotérmico com excelentes acabamentos que consiga competir ou até ultrapassar os fatos das marcas mais conhecidas do mercado é, e será sempre, o nosso objetivo.

Não nos sentimos pressionados pelo tempo. O produto tem de ser bom, custe o que custar. Acima de tudo, nós somos surfistas de longa data tendo um experiência com diferentes fatos de surf que fomos adquirindo, incluindo as boas e menos boas experiências quando se trata de pedir garantia e, ou, solicitar serviço.Nós queremos mesmo mudar a forma como as pessoas compram o seu fato com a SRFACE e proporcionar às pessoas uma experiência sem igual.

Os nossos objetivos são o de fazer o fato de surf mais confortável e quente e que permita a maior liberdade de movimentos possível. Para isto adicionamos diversas características ao SRFACE que normalmente apenas os fatos de alta gama possuem como, por exemplo, costuras seladas, dentro e fora do fato, ajuste perfeito e costuras absolutamente impermeáveis que são coladas no interior e seladas no exterior para garantir uma maior durabilidade. Os painéis do peito, das costas e ainda um revestimento extra isolante, garantem que o surfista da SRFACE possa surfar mesmo nos dias mais frios. Para nós não é necessário entrar no topo de gama. Nós quisemos fazer apenas um fato de surf com bom preço usando tecnologia de ponta. 

 

Quais os mercados mais fortes neste momento?

As vendas vão mesmo muito bem por toda a Europa . Estávamos à espera um bom começo, mas não esperávamos que fosse tão rápido. Este ano de 2019 vamos ter, para o mercado Europeu, novos tamanhos e fatos para mulher, assim como modelos com carapuço.

Os mercados mais fortes até agora têm sido os de UK, França, Alemanha e Holanda.


 

 

"Já estamos prontos e os fatos já estão disponíveis assim como

a nossa politica retorno gratuita quando dos 30 dias de "free trial"

 


 
Portugal é também um objetivo, porquê?

Temos alguns amigos em Portugal que nos puseram em contato com pessoas locais que nos aconselharam a colocar à venda os nossos fatos no mercado Português. Aqui tivemos a preocupação de fazer tudo para assegurar a mesma qualidade de serviço e por isso tivemos de fazer alguns melhoramentos na área das entregas e do serviço.

Já estamos prontos e os fatos já estão disponíveis, assim como a nossa politica de retorno gratuita durante os 30 dias de "free trial". Estamos também a construir a nossa equipa de embaixadores da SRFACE em Portugal.

Qual a tua opinião sobre Portugal enquanto destino de surf?

A nossa equipa tem viajado muito pelas ondas Portuguesas, especialmente a sul para escaparmos aos invernos frios, e temos adorado. As pessoas são amigáveis, o café é barato, a comida é incrível e o crowd também não está assim tão mal. A única coisa menos agradável de que me lembro é mesmo a água fria, mas como temos bons fatos não há qualquer problema.  

 

Algo mais a dizer?

Vemo-nos em breve na água.


 


 

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top