quarta-feira, 31 março 2021 13:54

Gabriel Vila-Lobos, o freesurfer de São Pedro do Estoril

Estivemos à conversa com este surfista de 19 anos 

Gabriel Vila-Lobos começou a surfar em São Pedro do Estoril e é lá que passa mais tempo, é onde se sente em casa. Com 14 anos, Gabriel tinha bastantes amigos que praticavam surf e a proximidade com o mar, aliada ao seu horário compatível com o desporto escolar, fizeram com que decidisse experimentar o surf, a par de outras atividades extra-curriculares que já desenvolvia (futebol e escola de música, onde aprendeu a tocar violoncelo). 

Rapidamente, o surf se tornou numa prioridade. 

Fica a conhecer um bocadinho da história deste freesurfer.

 

 

Surftotal: Estudas, trabalhas ou vives do surf?

 

Gabriel Vila-Lobos: Sou estudante de primeiro ano numa licenciatura de design industrial, sendo que o surf se tem vindo a tornar uma paixão tão grande na minha vida e tento, cada vez mais, explorar saídas profissionais que me permitam estar perto deste mundo e deste desporto. Desde cedo comecei a dar aulas de surf em campos de férias e boas escolas durante as minhas férias e aos fins de semana, mas, profissionalmente, interesso-me bastante pela indústria que está por trás do design e shaping de pranchas. Fiz, inclusive, um curso com o Luís Carvalho aka "Lacrau" que tem vindo a ser uma grande fonte de aprendizagem e inspiração.

 

 

Surftotal: Como é o teu dia a dia?

Gabriel Vila-Lobos:  Antes das aulas e depois das aulas, se houver ondas, devo estar a surfar. Portanto, o meu dia-a-dia é um pouco improvisado em termos de surf, exceto no fim de semana ou nas férias, onde geralmente combino na noite anterior com quem e onde irei passar o dia seguinte.

 

 

 

 

"Sempre que não tenho aulas ou algum trabalho,

 

estou na água... " 

 

 

 

 

Surftotal: Como fizeste pra manter o ritmo de Surf durante as alturas em que não se podia surfar?

 

Gabriel Vila-Lobos: Foi frustrante, mas passei o tempo mais focado nos estudos, fiz bastante treino físico em casa e vi muitos vídeos de surf.

  

Surftotal: Quais os teus objetivos para os próximos tempos?

 

Gabriel Vila-Lobos: Em termos de objetivos no surf, quero apenas evoluir o mais rápido possível e o melhor que conseguir. Tenho muito para aprender. Tudo o que me possibilitar isto, é um objetivo a alcançar.

  

 

 

 

 

"Anseio surfar cada vez melhor!"

 

 

 

  

Surftotal: Fazes competição? Desde que idade? Em que campeonatos já competiste?

 

Gabriel Vila-Lobos: Não tenho um grande rasto de competição, desde sempre participei nos campeonatos do desporto escolar (no ano passado, terminei as etapas do desporto escolar em primeiro lugar na categoria júnior), em alguns regionais da grande Lisboa, em taças de Cascais e nos intersócios do clube, mas nunca me lancei mais longe... quem sabe talvez em breve.

 

Surftotal: Qual foi o teu melhor e o teu pior momento em competição?

 

Gabriel Vila-Lobos: O meu pior momento foi talvez um heat no qual as ondas estavam tão horríveis que não apanhei nada. O melhor foi, talvez, uma final que partilhei com um muito bom amigo e que, apesar de não ter tido as melhores condições, foi divertido.

 

Surftotal: Já surfaste em picos internacionais?

 

Gabriel Vila-Lobos: Nunca surfei fora de Portugal, mas estou ansioso por algumas viagens que pretendo fazer nos próximos tempos.

 

Surftotal: Que picos ainda não surfaste e adoravas surfar?

 

Gabriel Vila-Lobos: Como nunca surfei fora de Portugal, a minha curiosidade leva-me para sítios longínquos, como todos os grandes mecas do surf: Austrália, Hawaii, Califórnia e Bali, onde algumas ondas me suscitam um interesse peculiar como Rincon, Uluwatu, Snapper Rocks e, claro, a onda rainha do Hawaii, Pipeline.

 

 

 

 

"Quero muito explorar o meu país e surfar sítios

 

como a Crazy Left e Beliche"

 

 

 

 

Surftotal: Qual foi a tua última surfada memorável?

 

Gabriel Vila-Lobos:  Eu viajei há umas semanas para a Madeira e, durante dez dias, apanhei ondas memoráveis, sem fim... Com a melhor companhia, bom tempo e altas ondas, a pica não faltou e momentos e surfadas épicas ficarão para sempre guardados.

 

 

Surftotal: Quais as ondas que mais gostas de surfar em Portugal?

 

Gabriel Vila-Lobos:  Tenho um especial carinho e gosto por todas as ondas em São Pedro do Estoril, mas passo também bastante tempo no Guincho, onde adoro surfar... Tirando essas duas praias, posso atribuir o meu favoritismo talvez aos Coxos (Ericeira), onde tenho surfado mais vezes e onde as ondas são de classe mundial e do melhor.

  

Surftotal: Freesurf ou competição?

 

Gabriel Vila-Lobos: Neste momento, freesurf... mas vejo sempre um lado competitivo e tento puxar muito por mim...

 

"talvez um dia quererei apresentar o meu surf em competição"

  

Surftotal: Tens alguma frase favorita que te motive?

 

Gabriel Vila-Lobos: Nunca preciso de motivação quanto ao surf e à minha evolução, pois gosto demasiado de fazê-lo... mas diria que é:

 

 

 

 

"Se não estás onde queres,

 

isso deve ser motivação suficiente para te fazer chegar lá!" 

 

 

 

 

 

 

Scroll To Top