“JÁ ACONTECEU ESTARMOS NUM CONCERTO E VENDERMOS UMA PRANCHA AO MESMO TEMPO” Boardriders

Itens relacionados

segunda-feira, 04 agosto 2014 00:00

“JÁ ACONTECEU ESTARMOS NUM CONCERTO E VENDERMOS UMA PRANCHA AO MESMO TEMPO”

José Gregório assumiu as rédeas da Quiksilver na Europa e está à frente da Boardrider

 

Situada na carismática Ericeira, a Boardrider Quiksilver, com uma área de 540 metros quadrados e “um conceito único” dedicado às várias marcas do grupo – Quiksilver, Moskova, DC, Roxy e Quiksilver Women, não apenas uma loja. Quem nos explica o conceito é José Gregório, que além de big rider, é também manager da marca em Portugal.

 

Que tipo de eventos são organizados na Boardrider? Durante o ano são organizados vários eventos, os mais relevantes são os campeonatos nacionais e internacionais de skate, bem como os concertos. Este ano, por exemplo, temos previstos dez eventos de skate, entre os quais alguns apoiados e organizados pela DC Portugal e outros organizados pelo Diogo Osório e Ricardo Fonseca. A juntar-se a isto ainda temos agendado vários concertos, onde podemos destacar nomes como a Cuca Roseta, Miska ou Orlando Santos. No entanto ao longo do ano também fazemos outro tipo de ações e eventos como exposições de fotografia, com tivemos já aqui o trabalho do Ricardo Bravo, estreia de filmes, ou lançamentos de produto.

 

Com que frequência é que são realizados? Temos eventos durante todo o ano. Podem seguir-nos na página da boardriders, no Facebook e Instagram.

 

Mas também há outras atividades…Sim, temos as aulas de Jiu Jitsu, com o Zé Marcelos e as aulas de yoga e pilatos com a Patrícia Garça. Temos sempre o nosso ginásio bastante ocupado e dinâmico.

 

Qual é o objetivo destas atividades e eventos? O objetivo é dar vida, boa onda e boas vibes a este espaço que já e reconhecido como o ponto de encontro da comunidade do surf, skate e música aqui na Ericeira. Acabamos por dar imenso de volta a todos os locais e estrangeiros que nos visitam. Juntamente com as escolas de surf do Tiago Pires, e a Skateboard Academy do Diogo Osório, todo este edifício respira um grande ambiente e tornou-se num ponto de encontro e convívio.

 

Ao atrair mais público, nota-se assim um aumento das vendas? Durante os dias de eventos o fluxo de pessoas na loja e no skate parque aumenta bastante, chegamos a ter o parque de estacionamento e a própria loja completos. Mas sem dúvida que durante os concertos a imperial acaba por ser o produto mais vendido… No entanto, já tivemos ocasiões de estar a haver um concerto à meia-noite e estarmos a vender uma prancha ao mesmo tempo.

 

BS

 

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top