ActivoBank

Itens relacionados

terça, 19 novembro 2013 19:26

BERT: "QUASE TODOS OS SURFISTAS QUE PINTEI VIERAM 'FALAR' COMIGO"

A SurfTotal falou com o artista do momento.

Toda a gente já ouviu falar dele. Mas toda a gente também sabe muito pouco sobre ele. Só que os seus trabalhos vão aparecendo pelas ruas da Califórnia ou do Havai. De cada vez que é anunciado um campeão de cada uma das etapas do WCT, lá vão surgindo mais desenhos. O autor é BERT. O nome é inspirado em Larry Bertlemann, um dos visionários do surf. Desde o design de pranchas até o surf competitivo, Bertlemann revolucionou este desporto. BERT faz o mesmo, mas com a sua arte e pelas ruas. No próximo dia 13 de dezembro, vai ser possível ver uma mostra com os seus trabalhos, na "3rd Stone Surf Shop", em Waialua Sugar Mill, na Costa Norte de Oahu, Havai. A SurfTotal falou com ele, numa entrevista exclusiva, e ficámos a saber qual é o seu desenho favorito e até o que pensa de Portugal.

Por Patrícia Tadeia

 

Como é que começaste a fazer estes desenhos sobre a tour da ASP?
Juntamente com o surf e o skate, a arte e o desenho têm feito parte de toda a minha vida. Durante muitos anos, fui fã do WCT, e assisti a cada uma das competições online. Costumo fazer uns esboços enquanto assisto às provas. A determinada altura, estes desenhos transformaram-se em pinturas em tamanho real e começaram a aparecer nas ruas.

 

Qual é o teu trabalho preferido?
É difícil escolher um favorito. Sinto que cada peça vai melhorando cada vez mais artisticamente, mas tenho um carinho especial pelas primeiras que fiz, quando ninguém ainda sabia o que eu andava a fazer. O desenho intitulado "Taj Burrow - The Biggest Grom on Tour" sempre foi um um dos meus favoritos, devido à forma como foi executado artisticamente. Um outro que se chama "The Incredible Adriano" é outro dos meus favoritos com certeza. Acabei de o fazer numa tela e gostei imenso do resultado.

 

Como é que as pessoas reagem aos trabalhos? Recebes alguns e-mails?
Tenho recebido muitos e-mails sobre o meu trabalho. As pessoas parecem estar a gostar muito. É fixe ver como o público tem crescido tão rapidamente, mas também faz com que seja mais difícil esconder-me. Às vezes, sinto que as pessoas estão sempre à espera de um próximo trabalho, antes mesmo de eu pensar nele.

 

E os surfistas visados? Costumam reagir aos desenhos?
Quase todos os surfistas que pintei vieram falar comigo, por email, expressando a sua satisfação. Não é todos os dias que encontramos um desenho da nossa cara nas ruas. Claro que os deixa um bocado passados, mas gostam.

 

Qual é o objetivo destes desenhos?
Como artista de rua, o meu principal objetivo é fazer a minha arte sem ser apanhado. O que faço o ano todo é tentar esconder-me entre as sombras para fazer o meu trabalho. O ano vai terminar com uma grande mostra de arte com todos os projetos desenhados em telas, no dia 13 de dezembro na histórica Waiaula Sugar Mill, localizada na costa norte de Oahu. A apoiar a iniciativa estarão Steve Sherman e Drew Toonz. Vai ser épico!

 

Fazes surf? Qual é o teu spot preferido?
O que é fixe no meu trabalho é poder correr a costa da Califórnia, ir até Kauai e Oahu. E claro, aproveito para surfar novas ondas. São todas perfeitas. Adoro surfar.

 

És um artista anónimo. Há alguma coisa que possamos saber sobre ti?
Além de que sou anónimo... mais nada.

 

O que sentes quando te chamam o "Banksy do surf"?
Banksy é um dos artistas contemporâneos mais influentes. Estar de alguma forma ligado a ele, pelo menos na forma estética do desenho e no facto de ter conseguido continuar a fazer trabalhos nas ruas, várias vezes, é para lá de espectacular. 

 

Conheces Portugal? O que pensas do nosso surf?
É forte!

 

 

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top