Além-Mar #1 Além-Mar #1
domingo, 05 setembro 2021 10:16

Além-Mar #1 com Mariana Rocha Assis

Fora da água, quais são as paixões dos surfistas?

“Além-Mar” é uma série de entrevistas em que conversamos com os surfistas sobre os seus hobbies e interesses quando não estão a surfar. A nossa primeira convidada é a Mariana Rocha Assis, surfista e skater da Praia da Poça, e embaixadora da Go Chill.

 

Uma música que te anime num dia mau

“Canta canta, minha gente”, do Martinho da Vila. Adoro samba. Também podia ser “Desde que o samba é samba”, cantada pelo Tiago Nacarato.

 

 

 

 

"Acho que 'Hakuna matata' é o lema da minha vida."

 

 

Um filme perfeito para ver quando chegas a casa exausta

O Rei Leão.  Acho que “Hakuna matata” é o lema da minha vida. Também adoro Harry Potter, já vi dez vezes cada um e não me farto. Mas filmes que me marcaram mesmo são talvez O Patriota e o Masters of Commander.

 

Um livro que mudou a tua perspectiva do mundo

Sapiens – Uma Breve História da Humanidade (de Yuval Harari). Acho que toda a gente tem que ler este livro.

 

Um sonho de criança que ainda não realizaste

Largar tudo, arranjar um barco e viajar pelo mundo inteiro. Fazer a volta ao mundo, não em 80 dias, porque isso seria pouco tempo.

 

Um atleta (que não seja surfista) que te inspire

Cristiano Ronaldo. Ele prova que com muito trabalho tudo se consegue. Ele veio de nada e tem o que tem, e é uma pessoa super humilde, ajuda imenso as outras pessoas, faz donativos para mil e uma causas e não se gaba disso.

 

Um destino de sonho que não seja para surfar

Índia, até porque saiu um filme na Netflix sobre uma skater na Índia (Skater Girl). É dos lugares que eu mais quero conhecer, ficar lá um ou dois meses.

 

 

"O SOMA é um projecto que vai mover mundos."

 

 

Uma causa social que te mova

SOMA – Surfista Orgulhosa na Mulher de África, é um projecto do qual faço parte, criado pela Francisca Sequeira, que está a pôr as mulheres africanas a fazer surf. Ainda hoje está a acontecer o primeiro campeonato de surf feminino na história de São Tomé. É um projecto com o qual eu vibro imenso, e que vai para as CLPs todas. A ideia é levá-lo para Moçambique, Angola, Guinés, Cabo-Verde, Brasil, Macau, Timor… Acho que é um projecto que vai mover mundos e que vai fazer mesmo a diferença.

 

Itens relacionados

Scroll To Top