Itens relacionados

sexta, 04 novembro 2016 16:26

GABRIEL RIBEIRO

Novo perfil da semana vem da Ericeira e trata-se de um dos novos talentos do surf nacional…  

 

É um dos novos talentos do surf nacional que muito em breve vai começar a causar estragos. Aliás, ele já tem vindo a causar algumas mossas, aqui e ali. Chama-se Gabriel Ribeiro, vem da Ericeira e está com o “surf no pé". 

 

Nome?

Gabriel da Costa Ribeiro.

 

Idade?

13 anos.

 

Praia local?

Costumo surfar na Ericeira, principalmente nos Coxos, Ribeira d’Ilhas (Pontinha), Reef e Pedra Branca, mas também nos picos de Peniche.

 

Estudos?

Estou no 9º ano de escolaridade em regime de “Homeschooling”.

 

 

Anos de surf?

Comecei apanhar ondas com um bodyboard aos três anos com a minha mãe, aos quatro anos apanhei a minha primeira onda em pé num longboard com o meu pai e aos cinco anos apanhei a minha primeira onda sozinho. Claro, com um empurrãozinho do meu pai ou da mãe.

 

Quiver?

Tenho duas 5’5" Boardculture GR150 (uma delas em epoxy), duas 5'6'' Boardculture GR200, uma 5'7'' Boardculture GR200 e uma 5'8'' Boardculture GR300.

 

"Adoro estar dentro de água... o mar é onde eu pertenço"

 

Por que escolheste praticar surf?

Porque sempre vivi em frente à praia e passava lá os meus dias. Desde a primeira vez que peguei numa prancha de surf nunca mais a larguei. Adoro estar dentro de água... o mar é onde eu pertenço.

 

Pico preferido?

O "meu quintal”: Coxos.

 

Última surfada memorável que tenhas feito?

Surfada memorável… são tantas que acho que não devo mencionar apenas uma… mas, ok, Coxos.

 

 

 

Maior susto?

Foi um dia bastante grande nos Coxos, isto é, dois metros e meio. Ainda fiquei bastante tempo por debaixo de água.

 

Última viagem de sonho?

Foi este ano na minha terceira vez na Indonésia, onde surfei em Bali e Sumbawa com o meu teinador Axel Bellino.

 

Competição ou free surf?

Competição, mas não há nada melhor do que um free surf sem "crowd" com uns amigos.

 

"O surf está com muito nível em Portugal e na Europa, mas ainda temos que trabalhar muito"

 

Como está o surf atualmente?

O surf está com muito nível em Portugal e na Europa, mas temos que trabalhar muito para chegar ao nível da Austrália, América, Havai e Brasil.

 

Qual a tua grande inspiração nacional e internacional?

A nível nacional, claro, o “Saca”. A nível internacional o John John Florence e, claro, "The King" Kelly Slater.

 

Mensagem a deixar?

Respeitem-se uns aos outros dentro e fora de água e sigam os vossos sonhos. Aloha!

 

--

Acompanha todos os passos de Gabriel Ribeiro através da sua página de atleta no Facebook, aqui

Confere o último vídeo de Gabriel aqui

Nota: Todas as imagens de arquivo pessoal. 

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top