Itens relacionados

quinta, 09 julho 2015 11:11

Quadro de competição da quarta etapa da Liga MOCHE divulgado

Prova arranca amanhã, na Praia Grande.

 

 

O Allianz Sintra Pro, quarta etapa da Liga MOCHE (circuito nacional de surf e principal competição nacional), tem início amanhã, na Praia Grande – Sintra, com o call marcado para as 9h da manhã, decorrendo igualmente ao longo do fim-de-semana.


“As previsões são boas no que toca a ondulação e marés”, afirma Pedro Monteiro, director de prova. “Temos uma nova ondulação a entrar precisamente amanhã, com um tamanho considerável, sobretudo em pleno Verão. As marés também são favoráveis, com a vazante sensivelmente a meio do dia, o que nos dá bastante espaço de manobra para realizarmos este campeonato nas melhores fases possíveis. Prevejo um campeonato tranquilo, com boas condições gerais, muito público e grandes performances por parte dos melhores surfistas nacionais”, conclui.


Com o quadro de competição já conhecido, as atenções estão viradas para os principais tops nacionais, como o local Nicolau von Rupp, que compete na sexta bateria da ronda inaugural contra o júnior João Kopke e Manuel Morgado, para Vasco Ribeiro, que no nono heat enfrenta Henrique Pyrrait e João André, outros dois jovens talentos nacionais, ou para Marlon Lipke, que vai encontrar o regressado e motivado Francisco Alves na décima quinta bateria da primeira fase, juntamente com outros dois talentos muito jovens – Diogo Mendes e Joaquim Chaves.


Joaquim acabou de se sagrar campeão nacional de 2015 na categoria sub-12 e, juntamente com o seu conterrâneo Guilherme Ribeiro (campeão nacional sub-14 pelo segundo ano consecutivo), vai competir nesta etapa contra surfistas bem mais experientes, o que será certamente uma aprendizagem importante para os dois jovens atletas, surfistas de segunda geração em Portugal.


No quadro feminino, todas as baterias da primeira fase serão igualmente bastante interessantes, com a totalidade das melhores surfistas portuguesas da actualidade a medirem forças entre si desde os primeiros momentos do Allianz Sintra Pro, podendo surgir algumas surpresas.


Esta será também a derradeira prova a contar para a Allianz Triple Crown, um troféu paralelo que atribui um prémio extra aos melhores surfistas masculino e feminino nas três etapas com naming sponsor da Allianz (Ericeira, Costa de Caparica e Sintra), quadro esse liderado por Tiago Pires e Teresa Bonvalot.


Para além dos nomes de topo do surf nacional, o Allianz Sintra Pro vai ainda contar com cinco wildcards de peso, que terão seguramente uma palavra a dizer nos resultados desta etapa. Assim, no masculino foram atribuídos convites aos surfistas locais João Macedo, Diogo Mendes, André Pedroso e Manuel Cotta (ambos a competir na sétima bateria da primeira fase, com Ivo Cação e Miguel Madeira – outra bateria a ter em grande atenção!), enquanto no feminino a wildcard será Leonor Fragoso, também local da Praia Grande.


“Já não compito no nacional de surf há cinco anos, desde que fui à final de uma etapa que se realizou na Nazaré”, comenta André Pedroso. “Estou com muita vontade de voltar à competição e tenho andado a treinar para isso, mas infelizmente lesionei-me há dois meses e ainda estou em recuperação. No entanto, vou tentar superar esse obstáculo e dar o meu melhor. O facto de ser na Praia Grande ajuda, pois foi aí que cresci e conheço muito bem as suas ondas”, confessa o primeiro campeão nacional de surf júnior.



Por seu lado, Manuel Cotta assume que “no surf, a competição não é a minha prioridade, mas quando entro numa prova não é para perder de primeira! O ‘bichinho’ competitivo está lá sempre, bem vivo e por isso vou dar luta aos mais novos, quem sabe baralhar as suas contas no quadro de competição da Liga MOCHE... na Praia Grande estou em casa e, com as boas ondas que se prevê, vai ser um prazer competir ao lado do meu amigo André Pedroso.”

Perfil em destaque

Scroll To Top