ActivoBank

Itens relacionados

segunda, 29 outubro 2018 14:27

Galp desiste de projeto de pesquisa de petróleo em Portugal 

Obstáculos legais estão na causa da decisão…

 

 

O consórcio da Galp vai abandonar o projeto de pesquisa de petróleo em Aljezur, disse o presidente-executivo da empresa, Carlos Gomes da Silva, numa conferência telefónica com analistas esta segunda-feira, após a divulgação dos resultados do terceiro trimestre. O motivo invocado para desistir da prospeção de petróleo ao largo da costa algarvia, foram os problemas legais em torno da realização do furo.

 

A notícia está a ser adiantada pelo Jornal Económico e refere que a Galp e a Eni tomaram a decisão de abandonar o projeto de exploração de fronteira na bacia do Alentejo. “Apesar de lamentarmos a impossibilidade de avaliar o potencial de recursos offshore do país, as condições existentes tornaram objetivamente impossível prosseguir as atividades de exploração”, referiu a empresa que se remete ao silêncio neste momento. 

 

A petrolífera garante, no entanto, que “vamos continuar a investir em Portugal e a abrir caminhos no campo da mobilidade sustentável, a apostar na competitividade e na eficiência energética e ambiental das refinarias bem como reforçar progressivamente a aposta nas fontes de energia de base renovável em regime de mercado”.

 

Relativamente aos desafios da descarbonização, a petrolífera disse ainda que irá recorrer a recursos próprios, cuja base se encontra em Portugal, para delinear a estratégia futura. 

 

Recorde-se que o Tribunal Administrativo e Fiscal de Loulé suspendeu o furo de prospeção de petróleo em Aljezur, no Algarve, no passado dia 13 de agosto, na sequência de uma providência cautelar colocada pela Plataforma Algarve Livre de Petróleo (PALP). 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top