A costa portuguesa em debate. A costa portuguesa em debate. Foto: Jorge Santos

Itens relacionados

sexta, 29 janeiro 2016 14:32

GOVERNO APLICA 28 MILHÕES DE EUROS NA “INTEGRIDADE DA COSTA” PORTUGUESA

Governo anunciou que Portugal vai passar a ter um sistema de monitorização do litoral costeiro...

 

A erosão costeira entre Caminha e Vila Real de Santo António é um problema que permanece por resolver. Nesse sentido, o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, afirmou há dias que o Governo vai investir 28 milhões de euros em “obras de manutenção da integridade da linha de costa” que “serão concretizadas através de fundos comunitários, cujas candidaturas vão ser feitas até ao final deste mês, início de fevereiro”.

 

Matos Fernandes fez esta declaração à agência Lusa, após a apresentação das obras de requalificação da praia das Furnas, no concelho de Odemira. Na altura, o ministro acrescentou que “está posta de parte a construção de esporões, na certeza de que haverá alguns que terão de ser reabilitados, mas o objetivo é, sobretudo, intervir na consolidação das arribas, no recarregamento de praias com areias e na manutenção do cordão dunar”. “Esse conjunto de obras perfaz 28 milhões de euros e alguns desses investimentos começarão a ser visíveis ainda este ano”, adiantou.

 

O mais importante neste investimento é, porém, Portugal passar a ter um sistema de monitorização do litoral costeiro para que, num período de quatro anos, seja possível conhecer ainda melhor as dinâmicas costeiras: “Queremos ter, de uma vez por todas, um sistema de monitorização do qual já houve vários começos e nenhum fim”, frisou o governante.

 

Em debate continua o evidente recuo da terra ao mar, que todos os anos cede algum espaço, com a premissa de que a reposição de areias e o reforço do cordão dunar são as medidas mínimas em questões de segurança.

Perfil em destaque

Scroll To Top