Yago Dora no show habitual. Yago Dora no show habitual. Foto: WSL/Smorigo

Itens relacionados

segunda, 05 novembro 2018 09:23

Praia cheia para ver Yago Dora limpar o QS de Maresias

Etapa brasileira contou com altas ondas… 

 

Com a praia de Maresias (São Paulo, Brasil) completamente cheia, o brasileiro Yago Dora venceu este fim de semana o Red Nose São Sebastião Pro, etapa 59.ª do WQS de graduação QS3,000 (3000 pontos). A prova ficou marcada pela presença de alguns surfistas do World Tour, que fizeram bonito e ajudar a prestigiar o evento. 

 

Relativamente à competição em si, Yago Dora acabou por superar o seu conterrâneo Jessé Mendes por 13.03 a 10.83 pontos, respetivamente. O jogo aéreo de Dora acabou por fazer a diferença e dar-lhe a vitória. 

 

“Sabe muito bem vencer esta prova aqui no Brasil, pois nunca havia ganho um campeonato deste tipo em frente aos fãs brasileiros. Foi pena as condições terem mudado para a final, não permitindo que apanhássemos o tipo de ondas que estavam antes, mas ainda assim estou muito contente com a vitória”, disse Yago Dora que subiu 26 lugares no ranking da Qualifying Series, encontrando-se agora em 17.º lugar. 

 

Já Miguel e Samuel Pupo, que são locais de Maresias e provavelmente os mais acarinhados surfistas da competição, ficaram-se pelas meias-finais e não conseguiram realizar o sonho do público, que era, precisamente, ver a final a ser disputada por ambos. 

 

Depois do acerto de contas feito no ranking, o português Vasco Ribeiro caiu para o 24.º lugar (desceu 4 posições) e o amigo Frederico Morais para 45.º (desceu 3 posições). Seguem-se agora três etapas de categoria QS1,000 (duas na Austrália e uma nos Barbados) e logo depois os restantes QS10,000 em Haleiwa e Sunset Beach, no Havai. 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top