Itens relacionados

sexta, 09 novembro 2018 09:07

Começou o último WQS feminino do ano

Etapa QS6,000 termina no próximo dia 13 de novembro... 

 

Começou hoje, sexta-feira, o Port Stephens Toyota Pro, na Birubi Beach, Port Stephens, Nova Gales do Sul, Austrália. A prova é a 52.ª etapa do WQS feminino, a última do ano, e apresenta a graduação de 6000 pontos. É, por isso, de crucial importância para as contas finais do ranking, incluindo as contas de uma portuguesa que se encontra a lutar pela qualificação ao World Tour.

 

Com as primeira e segunda fases realizadas neste primeiro dia, em ondas de 5 a 6 pés, Teresa Bonvalot, no Round 3, não chegou a competir na praia de Birubi. Irá fazê-lo amanhã, sábado, no Heat 2, juntamente a Leilani McGonagle (Costa Rica), Ashlee Spence (Austrália) e Freya Prumm (Austrália).

 

Relativamente à competição, as japonesas Nao Omura, Minami Nonaka, Hinako Kurokawa e Sara Wakita estiveram em evidência ao alcançar a vitória nas suas baterias, com os scores mais altos do dia. No entanto, as ondas mais pontuadas foram para as australianas Mia McCarthy e Carly Shanahan - 8.00 pontos. 

 

Vale realçar que neste momento Teresa Bonvalot ocupa a posição 17 da tabela, com 8810 pontos e com chances reais de poder assegurar a entrada no World Tour. Para isso precisa substituir o seu quinto melhor resultado da temporada que é referente a um 25.º lugar (700 pontos) obtido num QS6,000. 

 

Uma coisa que joga a favor da atleta lusa é o facto de o ano passado ter terminado esta prova em quinto lugar (1/4 de final), juntando 2650 pontos ao ranking, um número que seria definitivamente decisivo para as contas de 2018. 

 

Continua a acompanhar, mais logo, a partir das 20h, neste link

Perfil em destaque

Scroll To Top