Stephanie Gilmore pode fazer história em Maui. Stephanie Gilmore pode fazer história em Maui. Foto: WSL

Itens relacionados

terça, 20 novembro 2018 16:15

Maui define título mundial feminino a partir de domingo

Última etapa do Women’s World Tour inicia dentro de cinco dias… 

 

Faltam cinco dias para iniciar o período de espera do Beachwaver Maui Pro, última etapa do circuito mundial feminino que acontece entre os dias 25 de novembro e 5 de dezembro em Honolua Bay (Maui, Havai). A prova gera enorme expetativa porque, por um lado, irá definir a nova campeã mundial da modalidade, por outro, é a derradeira oportunidade para assegurar a requalificação das atletas que se encontram no fio da navalha. 

 

Na corrida pelo título de 2018 encontram-se Stephanie Gilmore (Austrália) e Lakey Peterson (EUA). Os cenários possíveis, de acordo com a WSL, são estes: 

 

- Stephanie Gilmore é campeã mundial se ficar em 3.º lugar ou melhor;

- Se Gilmore terminar em 5.º lugar ou pior, Lakey Peterson tem que vencer a prova para forçar um “Surf-off” (Heat de desempate).

 

 

Para Stephanie Gilmore, que já detém seis títulos mundiais da WSL, vencer em Maui significa fazer história uma vez que iguala o recorde de Layne Beachley e Kelly Slater, os únicos surfistas até hoje a conquistarem 7 títulos mundiais de surf (no caso de Slater, já vai em 11). 

 

Já uma vitória de Lakey Peterson significaria o quebrar de um jejum que, no campo feminino, já vai para mais de duas décadas (Lisa Andersen venceu pela última vez em 1997). Com duas vitórias conseguidas esta temporada, na Gold Coast e Bali, e duas outras presenças em finais, no Rio de Janeiro e J-Bay, a californiana tem tudo para surpreender a veterana australiana. 

 

- Lakey Peterson tem tudo para surpreender em Honolua Bay. 

 

Na luta pela requalificação para o World Tour feminino do próximo ano, as surfistas que compõem atualmente a elite têm que ficar dentro das 10 melhores do ranking ou então terminar no top 6 da Qualifying Series que, entretanto, já terminou (resumo aqui). A norte-americana Sage Erickson, por exemplo, que se encontra em 14.º lugar, precisa de alcançar um grande resultado em Honolua Bay para permanecer no WWT. 

 

Relativamente a “wildcards" e substituições, são quatro as surfistas havaianas que foram convocadas para a última etapa: Bethany Hamilton, Alana Blanchard, Summer Macedo e Zoe McDougall. Estas atletas vão substituir as lesionadas Tyler Wright (Austrália), Silvana Lima (Brasil) e Keely Andrew (Austrália). 

 

- As amigas Alana Blanchard e Bethany Hamilton estão de regresso ao Tour. 

 

Confrontos do Round 1:  

Heat 1: Johanne Defay (FRA), Courtney Conlogue (USA), Paige Hareb (NZL)

Heat 2: Carissa Moore (HAW), Coco Ho (HAW), Bethany Hamilton (HAW)

Heat 3: Stephanie Gilmore (AUS), Sage Erickson (USA), Alana Blanchard (HAW)

Heat 4: Lakey Peterson (USA), Malia Manuel (HAW), Zoe McDougall (HAW)

Heat 5: Tatiana Weston-Webb (BRA), Nikki Van Dijk (AUS), Summer Macedo (HAW)

Heat 6: Caroline Marks (USA), Sally Fitzgibbons (AUS), Bronte Macaulay (AUS)

 

Hall of fame (campeãs mundiais): 

2017 Tyler Wright (AUS)

2016 Tyler Wright (AUS)

2015 Carissa Moore (HAW)

2014 Stephanie Gilmore (AUS)

2013 Carissa Moore (HAW)

2012 Stephanie Gilmore (AUS)

2011 Carissa Moore (HAW)

2010 Stephanie Gilmore (AUS)

2009 Stephanie Gilmore (AUS)

2008 Stephanie Gilmore (AUS)

2007 Stephanie Gilmore (AUS)

2006 Layne Beachley (AUS)

2005 Chelsea Georgeson (AUS)

2004 Sofia Mulanovich (PER)

2003 Layne Beachley (AUS)

2002 Layne Beachley (AUS)

2001 Layne Beachley (AUS)

2000 Layne Beachley (AUS)

1999 Layne Beachley (AUS)

1998 Layne Beachley (AUS)

1997 Lisa Andersen (USA)

1996 Lisa Andersen (USA)

1995 Lisa Andersen (USA)

1994 Lisa Andersen (USA)

1993 Pauline Menczer (AUS)

1992 Wendy Botha (AUS)

1991 Wendy Botha (AUS)

1990 Pam Burridge (AUS)

1989 Wendy Botha (AUS)

1988 Freida Zamba (USA)

1987/88 Wendy Botha (RSA)

1986/87 Freida Zamba (USA)

1985/86 Freida Zamba (USA)

1984/85 Freida Zamba (USA)

1983/84 Kim Mearig (USA)

1982 Debbie Beacham (USA)

1981 Margo Oberg (HAW)

1980 Margo Oberg (HAW)

1979 Lynn Boyer (HAW)

1978 Lynn Boyer (HAW)

1977 Margo Oberg (HAW)

Perfil em destaque

  • Tiago Faria Tiago Faria

    Nova semana, novo talento do surf a ser revelado… 

Scroll To Top