ActivoBank
Kikas Kikas
quinta, 20 março 2014 11:11

FREDERICO MORAIS FAVORITO PARA O TITULO 2014?

Competição coroou Frederico Morais e Carina Duarte em 2013. Quem vencerá em 2014?


Foi em 2013 que a Liga Prosurf passou a ter a designação comercial de Liga Moche. A competição passou a contar com um total de 55.000 euros de prémios monetários, e não menos importante, viu reforçada a exposição mediática e o alcance da competição, através de uma cobertura mainstream das etapas, no canal público, a RTP. Desportivamente falando, o nível de surf da competição maior do calendário nacional atingiu patamares de excelência nunca antes vistos. Os grandes vencedores do ano foram Frederico Morais na categoria masculina, e Carina Duarte, nas mulheres. Vejamos então um pequeno resumo das etapas de 2013.



PRIMEIRA ETAPA - MEO CAPARICA PRO - PRIZE MONEY 10.500€

A primeira etapa de 2013 marcou o regresso da competição a um spot clássico do surf nacional, 15 anos depois de estar fora do campeonato. A Liga Moche arrancou com a etapa MEO CAPARICA PRO by Rip Curl - nos dias 28, 29 e 30 de Março - com um prize money de 10.500€. Os vencedores da prova foram Francisco Alves, atleta da Costa de Caparica, e Camilla Kemp, atleta do Guincho.


SEGUNDA ETAPA - SUMOL PORTO PRO - PRIZE MONEY 10.500€

A Invicta recebeu os melhores surfistas nacionais para a segunda etapa da Liga Moche. A prova teve lugar na Praia Internacional, com o Edifício Transparente como pano de fundo do Sumol Pro Porto. O evento durou entre 19 e 21 de abril, e os grandes vencedores da etapa portuense foram Frederico Morais e Teresa Bonvalot. Ambos começavam, desta forma, a marcar terreno como candidatos ao título. A completar o pódio masculino estiveram Vasco Ribeiro, em 2º, e Miguel Blanco em 3º. Nas mulheres Maria Abecasis foi 2ª e Keshia Eyre 3ª.


TERCEIRA ETAPA - ALLIANZ ERICEIRA PRO - PRIZE MONEY 10.500€

A mítica praia de Ribeira D'Ilhas foi o anfiteatro da terceira etapa da Liga Moche, o Allianz Ericeira. Quem tratou de manter a honra local intacta foi Tomás Fernandes, o surfista de 18 anos aproveitou o conhecimento das ondas e acabou à frente de José Ferreira e Miguel Blanco. Carina Duarte foi a vencedora entre as mulheres, seguida de Francisca Santos.


QUARTA ETAPA - MONTEPIO PENICHE PRO - PRIZE MONEY 10.500€

Frederico 'Kikas' Morais bateu a concorrência no Pico da Mota em Peniche, e ganhou nesta prova o estatuto de principal candidato ao título nacional, pese a excelente prestação de Miguel Blanco, que com o segundo posto se afirmou como o principal competidor de Kikas. Na final feminina, uma das mais disputadas do ano transato, foi Teresa Bonvalot, de 14 anos, a vencer. Carina Duarte terminaria em segundo, e o duelo pelo título nacional era, claramente, entre as duas surfistas, com Maria Abecasis e Camilla Kemp à espreita.


QUINTA ETAPA - ALLIANZ CASCAIS PRO - PRIZE MONEY 10.500€

Foi com bombas de 1,5m a 2m, que o Guincho se engalanou e recebeu a 5ª e última etapa da Liga Moche 2013. Na final o algarvio Marlon Lipke bateu Nic Von Rupp e venceu a sua primeira etapa na Liga Moche. Nas senhoras, foi a local Camilla Kemp a triunfar, ao bater na final Ana Sarmento, Francisca Santos e Maria Abecasis.

Carina Duarte acabou por se sagrar campeã nacional de surf feminino 2013, título que já havia conquistado em 2008. Teresa Bonvalot destacou-se como a surpresa do ano, com apenas 14 anos a bater-se pelo título nacional até ao fim da época, terminando no 3º lugar do ranking. A escassos 50 pontos de Carina Duarte - e do título de campeã -, ficou Camilla Kemp, de Cascais, com um excelente temporada de 2013.

Frederico Morais sagrar-se-ia campeão nacional no Allianz Cascais Pro, depois de já contar no seu currículo com dois segundos lugares, em 2010 e 2012. Para tal bastou-lhe chegar aos quartos de final, garantindo assim a pontuação suficiente para vencer a Liga Moche 2013.

Destaque também para a excelente época de Miguel Blanco, que se sagrou vice-campeão nacional, imediatamente seguido por José Ferreira. Boas prestações tiveram também Francisco Alves e Tomás Fernandes. Estes são alguns dos nomes a seguir na época que amanhã tem início, e que promete ser a mais competitiva até à data.


A LIGA MOCHE 2014

Para a época que agora tem início, Kikas parte como o principal candidato ao título, muito em função da época fortíssima que teve em 2013, onde foi claramente o surfista nacional em melhor plano, não só por cá, como a nível internacional. Todavia, o seu envolvimento em provas internacionais, onde tentará consolidar a sua presença no top 100 mundial, e quiçá almejar a algo mais, poderá siginificar a sua ausência em algumas provas da Liga Moche, ficando essa dúvida no ar. Conforme o próprio Frederico admitiu, Miguel Blanco e Vasco Ribeiro perfilam-se como sérias ameaças ao trono de Frederico Morais, mas os talentos são muitos e as surpresas não vão faltar. Nas mulheres, por razões óbvias, partem na pole position Carina Duarte, Camilla Kemp e Maria Abecasis, e existe muita expetativa sobre Teresa Bonvalot, que promete continuar a surpreender esta época. O nível do surf nacional é progressivamente mais elevado, e a Liga Moche cada vez mais profissional e apetecível. Que comece o espetáculo!

Podes rever aqui a Liga Moche 2013, vista pela SurfTotal TV.


Perfil em destaque

Scroll To Top