Itens relacionados

quinta, 23 junho 2016 10:21

QUANTO VALE UM BEACH-BREAK?

O seu valor é incalculável no verão e para esta semana destacamos a Praia Grande… 

 

Quando chega o verão e com ele as poucas ondas, resultado da escassez de swell típica da época, alguns beach-breaks da costa lusitana passam a ser a opção a ter em conta para uma vasta comunidade de surfistas. De junho a setembro são, quase sempre, os fundos de areia que vão fornecendo as ondas e as condições mínimas que conseguem apaziguar a fome por ondas. Atenta a este fenómeno, a Surftotal decidiu destacar algumas praias da nossa costa que fizeram fama ao longo dos tempos devido à sua extraordinária consistência. A escolha desta semana recaiu na Praia Grande, em Sintra. 

 

PRAIA GRANDE

Depois de atravessarmos a serra repleta de castelos e palácios, com o seu clima ameno e refrescante, uma praia estreita fornece a cor marinha a uma terra extremamente agradável e simpática. O crowd é grantido pela Praia Grande, mas as ondas também. Na água, o nível é sempre dos mais altos ou não servissem as suas ondas de palco de treinos aos melhores surfistas da Grande Lisboa, Cascais e Carcavelos.

 

Tipo de onda: Tubular e com força acima da média.

Picos usuais: Canto do morto, esquerda da Galé, direita e esquerda do hotel (a meio da praia) e direita da piscina. 

Melhor swell: Oeste, mas também funciona com swell de sul. 

Melhor vento: Leste, mas o sul também dá. 

Tamanho: No verão a média é 1m com muitos dias de 1,5m. No máximo pode dar entre 2,5 a 4 metros em alguns picos como, por exemplo, a esquerda do morto, com condições ideais e muito sol. 

Consistência: **** (entre * e *****)

Crowd: *****

Paisagem: ****

Alternativas: Praia Pequena, Praia das Maçãs ou Adraga. 

Campeonatos: A 4ª etapa da Liga MOCHE teve lugar no início de junho. O próximo evento em agenda é o mundial de bodyboard no final de setembro. 

Ponto de encontro: Bar do Fundo ou o meio da praia. 

Conselho: Cuidado com o mar que nesta praia é consideravelmente perigoso. Respeitar os locais. Convém deitar o lixo nos locais apropriados. 

Dica extra: Antes de entrar, olhar bem para o mar. Correntes é o que não falta nesta praia. 

 

- Mesmo nos dias mais pequenos, a consistência da Praia Grande não deixa de surpreender. Foto: Pedro Mestre/Liga Moche

Perfil em destaque

Scroll To Top