Kanoa Igarashi já se encontra na ronda 4. Kanoa Igarashi já se encontra na ronda 4. Foto: Tony Heff/WSL

Itens relacionados

segunda, 19 dezembro 2016 10:03

DRAMA NO SEGUNDO DIA DE COMPETIÇÃO DO PIPE MASTERS

Prova arrancou ontem em ondas de metro e meio com bons tubos para Backdoor... 

 

Depois de alguns “lay day”, eis que o Billabong Pipe Masters in Memory of Andy Irons voltou à água. Ondas de metro e meio, absolutamente clássicas para Backdoor, com alguns “close outs” pelo meio e por vezes muita inconsistência, foram suficientes para Kieren Perrow, Comissário da WSL, dar o “call”. 

 

A inconsistência foi mesmo a pior inimiga de Frederico Morais que se viu assim afastado do evento na ronda 2, pelo havaiano Sebastian Zietz, com um défice de um backup mais convincente. Kikas terminou em 25.º lugar, mas salientou a experiência ganha e a temporada havaiana incrível de que foi protagonista. O próximo ano vai ser muito bom. 

 

No que diz respeito ao evento, aos candidatos e às contas da requalificação de alguns atletas, o drama instalou-se definitivamente. O rookie australiano Ryan Callinan, por exemplo, eliminou Gabriel Medina, precisamente depois de este ter lançado um vídeo a dizer que após duas finais queria vencer a prova de Pipe. 

 

O norte-americano Nat Young, a precisar de pontos, arredou Adriano de Souza na ronda 3, mas antes fez a mala a Jadson André na ronda 2. Nat vai agora com Callinan e Josh Kerr na ronda 4. 

 

Já Conner Coffin, depois de um desempenho espetacular na ronda 2, com Jack Freestone que também esteve muito bem, não conseguiu superar Kelly Slater na ronda 3 num heat muito renhido (15.27 x 15.20). Kelly, que já venceu o Pipe Masters por sete vezes, só respirou de alívio no final quando viu os juízes darem à última onda de Coffin 9.07 quando este precisava de 9.17 para passar. 

 

 

O aussie Kai Otton, depois de ter passado 10 anos no CT, fez a sua última bateria com o californiano Kokole Andino, na ronda 3, mas perdeu por muito pouco. Na hora da despedida, fica para a história uma vitória em Portugal, em 2013, um segundo lugar no Brasil e quatro presenças em meias finais (duas no Taiti, uma na África do Sul e outra em Portugal). 

 

A previsão indica ondas do mesmo género para hoje, com boas ondas novamente para Backdoor. Existe, por isso, uma grande probabilidade de que a prova termine esta segunda-feira. Ainda mais sabendo que amanhã é o último dia da janela de espera do evento e que está previsto um novo swell que poderá agitar as condições pelo North Shore. 

 

Continua a acompanhar a ação, por volta das 17h30, AQUI.

 

Round 2:

Heat 1: Kolohe Andino (USA) 12.50 def. Gavin Beschen (HAW) 3.60

Heat 2: Adriano de Souza (BRA) 14.67 def. Bruce Irons (HAW) 11.30

Heat 3: Joel Parkinson (AUS) 11.74 def. Finn McGill (HAW) 11.00

Heat 4: Sebastian Zietz (HAW) 12.76 def. Frederico Morais (PRT) 8.17

Heat 5: Bede Durbidge (AUS) 8.29 def. Adrian Buchan (AUS) 5.17

Heat 6: Ryan Callinan (AUS) 12.16 def. Caio Ibelli (BRA) 4.43

Heat 7: Josh Kerr (AUS) 14.50 def. Adam Melling (AUS) 7.00

Heat 8: Kai Otton (AUS) 4.93 def. Stuart Kennedy (AUS) 2.73

Heat 9: Conner Coffin (USA) 15.10 def. Jack Freestone (AUS) 13.93

Heat 10: Wiggolly Dantas (BRA) 5.93 def. Davey Cathels (AUS) 5.90

Heat 11: Nat Young (USA) 11.27 def. Jadson Andre (BRA) 6.00

Heat 12: Keanu Asing (HAW) 10.50 def. Kanoa Igarashi (USA) 8.26

 

Round 3:

Heat 1: Jeremy Flores (FRA) 13.84 def. Matt Wilkinson (AUS) 7.43

Heat 2: Filipe Toledo (BRA) 10.44 def. Wiggolly Dantas (BRA) 4.13

Heat 3: Kolohe Andino (USA) 10.83 def. Kai Otton (AUS) 10.07

Heat 4: Joel Parkinson (AUS) 12.10 def. Miguel Pupo (BRA) 8.74

Heat 5: Michel Bourez (PYF) 12.16 def. Itala Ferreira (BRA) 10.34

Heat 6: John John Florence (HAW) 15.27 def. Bede Durbidge (AUS) 9.94

Heat 7: Ryan Callinan (AUS) 15.34 def. Gabriel Medina (BRA) 11.43

Heat 8: Josh Kerr (AUS) 7.33 def. Sebastian Zietz (HAW) 2.94

Heat 9: Nat Young (USA) 8.00 def. Adriano de Souza (BRA) 3.34

Heat 10: Kanoa Igarashi (USA) 7.50 def. Julian WIlson (AUS) 3.60

Heat 11: Kelly Slater (USA) 15.27 def. Conner Coffin (USA) 15.20

 

Round 3 (por realizar):

Heat 12: Jordy Smith (ZAF) vs. Alex Ribeiro (BRA)

 

Round 4:

Heat 1: Kolohe Andino (USA), Filipe Toledo (BRA), Jeremy Flores (FRA)

Heat 2: John John Florence (HAW), Michel Bourez (PYF), Joel Parkinson (AUS)

Heat 3: Ryan Callinan (AUS), Josh Kerr (AUS), Nat Young (USA)

Heat 4: Kanoa Igarashi (USA), Kelly Slater (USA), TBD

 

Perfil em destaque

Scroll To Top