FANNING E PARKINSON QUEREM A GOLD COAST COMO RESERVA MUNDIAL DE SURF WSR

Itens relacionados

sábado, 18 janeiro 2014 15:49

FANNING E PARKINSON QUEREM A GOLD COAST COMO RESERVA MUNDIAL DE SURF

Depois da recente vitória em Kirra, os campeões do mundo querem agora preservar toda a costa

 

Na sequência dos bem sucedidos protestos contra o projeto do Grupo Elling para Kirra Beach, que a SurfTotal acompanhou desde o início, Mick Fanning e Joel Parkinson foram de novo chamados a intervir, desta feita para aproveitar esta onda positiva e garantir que toda a Gold Coast asutraliana fique a salvo de projetos semelhantes.

Para que tal suceda os australianos pretendem que a totalidade da Gold Coast seja nomeada como Reserva Mundial de Surf.

Brad Farmer, presidente do World Surfing Reserves, pediu ao Premier de Queensland, Campbell Newman para "pôr de parte todo o desenvolvimento comercial nas praias da Gold Coast. Ao tomarmos essa opção mantemos a costa a salvo de projetos que ameacem o equilíbrio ambiental. Os nossos campeões do mundo, Mick Fanning e Joel Parkinson apoiam essa medida", disse ao 'Gold Coast Bulletin'.

Joel mostrou-se muito satisfeito pela vitória em Kirra, e projetou já a sua visão para o futuro: "Foram notícias fantásticas. Agora queremos que o Premier vá um passo mais longe e que confirme que ninguém vai construir terminais de cruzeiros na Gold Coast no futuro".

Também Fanning estava feliz com o desfecho em Kirra Beach: "Estou particularmente orgulhoso da forma como combatemos os planos. Esta zona costeira tem de ser apreciada e preservada pela qualidade de vida que oferece, com toda a vida marinha e ondas de classe mundial. Parece que o governo nos ouviu mesmo e agiu em nome da vontade do povo".

A World Surfing Reserves pretende tornar a Gold Coast num santuário de surf, à semelhança do que já aconteceu na Ericeira, em Malibu e Santa Cruz (Califórnia), por exemplo. "As praias pertencem a todos, e a comunidade do surf internacional está galvanizada para garantir que as praias icónicas sejam preservadas através da WSR, muito à semelhança do que acontece com a UNESCO, relativamente aos locais considerados Património da Humanidade", afirmou o líder da organização, Brad Farmer.

Um forte aliado para esta causa será o primeiro-ministro australiano, Tony Abbot, um reconhecido entusiasta do surf e que esteve por trás da criação da primeira Reserva Mundial de Surf em Manly, Sidney, no ano de 2012.

 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top