O australiano Mitch Coleborn, em 2016, a mostrar a qualidade das ondas açorianas. O australiano Mitch Coleborn, em 2016, a mostrar a qualidade das ondas açorianas. Foto: WSL/Masurel

Itens relacionados

sexta, 01 setembro 2017 10:31

Azores Airlines Pro 2017 vai ter lugar numa nova localização

Interdição a banhos na praia do Monte Verde força nova localização para QS6000 açoriano… 

 

O Azores Airlines Pro 2017 presented by Seat realiza-se durante a próxima semana, entre os dias 5 e 10 de setembro (terça a domingo), numa nova localização. Uma das provas mais importantes anualmente no circuito mundial de surf de qualificação, o Azores Airlines Pro presented by Seat vai ser disputado este ano pela primeira vez no lado Oeste da praia de Santa Bárbara, mesmo em frente ao Santa Bárbara Resort.

 

“Com a ausência de bons fundos no lado Leste dos Areais de Santa Bárbara, onde habitualmente fazemos o evento, e a recente interdição a banhos na praia do Monte Verde, a nossa segunda opção habitual, tivemos de optar por um ‘plano C’,” afirmou Rodrigo Herédia. 

 

“Rapidamente juntámo-nos com as entidades oficiais e com os nosso fornecedores, que prontamente nos deram uma resposta positiva quanto à capacidade para montarmos esta solução que, como devem calcular, é de difícil logística, devido aos acessos ao areal nesse lado da praia. Mas tudo tem corrido bem e estamos confiantes no sucesso da edição do Azores Airlines Pro presented by Seat deste ano, que terá como palco os fundos que actualmente têm proporcionado algumas das melhores ondas na ilha de São Miguel,” concluiu o responsável pela organização.

 

O Azores Airlines Pro 2017 presented by Seat, que é a 44.ª etapa da Qualifying Series da WSL, será também a quinta prova masculina com estatuto QS6000 deste ano (o segundo nível mais alto) e contará com cerca de 144 surfistas de todo o mundo em prova, 15 dos quais já fizeram parte da elite mundial. 

 

Ao todo estarão igualmente presentes seis surfistas nacionais, com destaque para o ex-campeão mundial júnior Vasco Ribeiro, para o campeão nacional em título Pedro Henrique e para o ex-campeão nacional júnior Jácome Correia. 

 

A estes três juntam-se igualmente os jovens Tomás Fernandes e Miguel Blanco, bem como outro wildcard local, que será decidido através de um minicampeonato de triagem, a realizar no dia 4 de setembro.

 

Todos serão potenciais candidatos aos 25 mil dólares e 6000 pontos disponíveis para o vencedor, num total de 150 mil dólares de prize-money. 

Perfil em destaque

Scroll To Top