banner topf
Episódio é, no mínimo, caricato. Episódio é, no mínimo, caricato. Foto: Il Messagero

Itens relacionados

quinta, 04 outubro 2018 06:03

Helicóptero e kitesurfer envolvidos em grave acidente 

Aconteceu numa praia da região de Roma...

 

Alessandro Ognibene, kitesurfer italiano de 50 anos, foi absorvido pelo vórtice de ar criado pelas hélices de um helicóptero militar e logo depois acabou por ser atirado violentamente para o solo. Isto teve lugar ontem em Ladispoli (região de Roma, Itália).

 

Na sequência deste incidente, o kitesurfer encontra-se hospitalizado em estado muito grave, com a comunidade local de kitesurfers a referir que a presença de helicópteros na zona é frequente (várias fotos nas redes sociais atestam isso mesmo). 

 

Segundo testemunhas, na altura do incidente o heli voava muito baixo, a cerca de 100 metros do solo, e este não é o primeiro episódio entre kitesurfers e helicópteros.

 

Uma investigação foi agora aberta por parte das entidades competentes que procura saber se o helicóptero em questão estava envolvido em algum exercício militar a decorrer numa zona próxima. 

 

Foco de controvérsia é também o facto da praia não ter os devidos acessos, o que dificultou a entrada de socorros e forçou mesmo que um helicóptero da Cruz Vermelha tivesse que ser chamado. 

 

Este é, no mínimo, um episódio caricato. 

Perfil em destaque

Scroll To Top