Itens relacionados

sexta, 05 abril 2019 09:24

MEDINA DOMINA O QUIKSILVER PRO GOLD COAST ENQUANTO JULIAN WILSON É ELIMINADO

O terceiro dia do Quiksilver Pro e do Boost Mobile Pro Gold Coast, a etapa de abertura do Championship Tour (CT) 2019, teve início ontem às 22:00 (hora de Portugal) com a ronda 3 masculina...

no local de backup do evento, Duranbah, com ondas de 1 a 1,5 metro. Para aproveitar as condições, a World Surf League (WSL) executou o formato anunciado de heats em simultâneo, pela primeira vez, fora do Billabong Pipe Masters, onde este formato já vinha a acontecer.

A surpresa do campeonato teve como protagonista Reef Heazlewood que deixou para trás Julian Wilson. O vice-campeão mundial perdeu para o wildcard australiano após este ter feito uma performance onde não faltou surf progressivo, como nos tem vindo a habituar desde os trials.  Heazlewood  passou assim para a ronda 4 com um score final de 16.07 pontos em 20 possíveis.

Mas o grande destaque do dia foi o brasileiro Gabriel Medina. O atual campeão mundial destruiu completamente o jovem compatriota wildcard, Mateus Herdy, com duas notas na casa do excelente, um 9.33 e um 9.80 em 10 pontos possíveis. Com esta prestação, Medina vem responder aos restantes Top 31 afirmando, através do seu surf, que está melhor que nunca e determinado em defender o seu título.

John John Florence, que esteve lesionado durante grande parte do passado ano competitivo, mostrou neste regresso muita vontade de vencer e o resultado foi a eliminação do australiano Adrian Buchan que ficou à sombra do surfista havaiano.

Já Filipe Toledo teve uma vitória sofrida contra o rookie Soli Bailey. Nenhum dos surfistas quis ceder prioridade no início do heat, sendo esta a razão que ditou o desfecho deste confronto onde vimos nos minutos finais o verdadeiro Filipe Toledo. O surfista brasileiro arrancou, a 5 minutos do final, um excelente 8.33 e um 5.60 passando assim à fase seguinte.

De salientar ainda as boas prestações de Seth Moniz, Kolohe Andino, Yago Dora, Mikey Wright, Italo Ferreira e Wade Carmichael.

No circuito feminino Sage Erickson destacou-se ao eliminar a vice-campeã mundial Lakey Peterson na ronda 3. A surfista californiana que entrou no Tour como substituição de Tyler Wright assegurou com esta vitória a sua passagem aos quartos de final.

A atual campeã mundial, Stephanie Gilmore foi outra das surfistas que viu a sua performance lançála para os quartos de final do Boost Mobile Pro Gold Coast. Gilmore melhorou a sua performance neste segundo dia de provas do circuito feminino eliminando a novata, mas experiente, Macy Callaghan.  

Destaque também para Sally Fitzgibbons, Carissa Moore, Malia Manuel e Johanne Defay que asseguraram ontem a sua passagem aos quartos de final do circuito feminino.

O evento terá nova chamada hoje às 21:30 (hora de Portugal)

 


Perfil em destaque

Scroll To Top