ActivoBank
Frederico Morais na etapa de J-Bay em 2017 Foto: WSL / PIERRE TOSTEE Frederico Morais na etapa de J-Bay em 2017 Foto: WSL / PIERRE TOSTEE

Itens relacionados

terça, 09 julho 2019 08:12

CORONA OPEN J-BAY ARRANCOU COM ONDAS FRACAS E COM FREDERICO MORAIS NO HEAT 1

A 6ª etapa do Championship Tour começou hoje em Supertubes,  Jeffreys Bay com ondas entre 0.9 e 1.2 metros...

A WSL decidiiu arrancar durante este primeiro dia de espera a prova masculina do circuito de surf de elite. Ondas a variar entre os 70 cm e 1 metro de altura a quebrar de uma forma insonsistente foram o cenário deste primeiro dia de competição.

Frederico Morais abriu o primeiro heat do evento juntamente com o campeão mundial, Gabriel Medina e o francês Joan Duru. As ondas foram raras e de fraca qualidade para as expetativas de todos os fãs que assistiam ao inicio de prova. Para termos uma noção e como exemplo no primeiro heat do dia foram efetuadas um total de 11 ondas pelos três competidores, ou seja 3,5 ondas em média por cada surfista. Um numero manifestamente insuficiente para proporcionar espectáculo e manter os fãs colados ao ecrã.

O surfista português teve um excelente resultado na etapa em 2017 em que se consagrou vice-campeão, mas não conseguiu igualar os resultados da sua estreia há dois anos atrás neste primeiro dia de provas do evento.

Kikas não teve sorte com as ondas e conseguiu apenas notas médias na casa dos 5 pontos tendo ficado em terceiro lugar com um score total de 9 pontos em 20 possíveis atrás de Joan Duru que conseguiu um score de 10.57, enquanto Medina liderou o heat com um score total de 12.03 pontos.

O evento está a decorrer neste momento estando prevista a realização da ronda 1 masculina seguida pelos primeiros três heat da ronda 1 feminina.

Podes acompanhar o evento aqui.


Perfil em destaque

Scroll To Top