ActivoBank
Frederico Morais fez história e é o primeiro surfista Português a estar nos Jogos Olímpicos em Tóquio 2020 Frederico Morais fez história e é o primeiro surfista Português a estar nos Jogos Olímpicos em Tóquio 2020 PHOTO: ISA / Pablo Jimenez
sábado, 14 setembro 2019 15:50

O PROCESSO DE QUALIFICAÇÃO PARA OS ATLETAS DE SURF NOS JOGOS OLÍMPICOS

Percebe como se processam as qualificações para os Jogos Olímpicos em Tóquio.

 

A Surftotal em Julho de 2018 já havia esclarecido, contudo e porque se justifica neste momento, aqui fica como é a ordem hierárquica da qualificação:

 

2019 WSL Championship Tour: Primeiros elegíveis 10 homens e 8 mulheres qualificadas;

2020 ISA World Surfing Games: Primeiro elegíveis 4 homens e 6 primeiras mulheres qualificadas; 

2019 ISA World Surfing Games: 4 homens e 4 mulheres, selecionados com base no continente de origem. Melhor surfista elegível de cada género de África, Ásia, Europa e Oceania;

2019 Jogos Pan-americanos: Primeiro homem e primeira mulher elegíveis nas competições de surf;

Vagas para a nação anfitriã: Um vaga para um homem e uma mulher serão garantidas para o país anfitrião, o Japão, a menos que estas estejam preenchidas através das hierarquias acima descritas. Os atletas japoneses devem qualificar-se regularmente, as suas vagas serão realocadas aos melhores surfistas elegíveis dos 2020 World Surfing Games.

 

Lê também - FREDERICO MORAIS QUALIFICADO PARA OS JOGOS OLÍMPICOS EM TÓQUIO 2020

 

Em todo o caso, a ISA - International Surfing Association lançou um vídeo clipe (mais abaixo) que ajuda a esclarecer, tintim por tintim, o processo de qualificação para Tóquio 2020, onde o Surfing fará a sua estreia.


Perfil em destaque

Scroll To Top