ActivoBank
ELIMINAÇÃO INESPERADA DE FREDERICO MORAIS NA RONDA 3 DA ULTIMA ETAPA DO QS WSL / TONY HEFF

Itens relacionados

domingo, 01 dezembro 2019 21:15

ELIMINAÇÃO INESPERADA DE FREDERICO MORAIS NA RONDA 3 DA ULTIMA ETAPA DO QS

Em Sunset Beach, no Havai...

 

O terceiro dia de prova do Vans World Cup of Surfing, a última etapa da Qualifying Series (QS), recebeu os competidores com ondas na casa dos três metros e vento forte testando as capacidades dos surfistas que lutam pelos 10.000 pontos da etapa, que faz parte da Triple Crown Havaiana.

O quarto heat do dia, o mais esperado pelo público português, recebeu os surfistas Frederico Morais (PRT), Michael Bourez (FRA), Ian Gouveia (BRA) e Cody Young (HAW).

Cody Young foi o primeiro surfista a colocar uma nota no marcador com uma onda média pontuada com 5.00 pontos em 10 possíveis.

Já Frederico Morais fez a sua primeira onda aos cinco minutos do heat arrancando três carves sólidos, mas a onda acabou por não levantar uma boa parede levando a que o surfista português pontuasse apenas um 2.42 subindo assim para o segundo lugar no heat.

Logo a seguir Michael Bourez fez uma onda média tirando Kikas do segundo lugar com um 4,27, mas Kikas não se deixou intimidar e realizou uma onda logo a seguir em que conseguiu executar dois carves recuperando a segunda posição com um 3.30.

Neste troca de ondas com Frederico Morais, Michael Bourez fez mais uma onda em que realizou um floater gigantesco o que o levou diretamente para o primeiro lugar com um 4.83.

Com o heat a entrar em contagem decrescente, a doze minutos do final, Kikas usou a sua prioridade e arrancou numa bomba em que na primeira secção destruiu com um carve layback monstruoso, mas quando ia finalizar com um carve a onda fez um backwash infelizmente levando o surfista luso a cair a meio da manobra. Mesmo assim, com uma primeira manobra autoritária, Kikas subiu para o segundo lugar com um 4.33.

No entanto, três minutos depois, Cody Young acabou por roubar o lugar a Kikas com uma onda pontuada com um 3.60.

A dois minutos do final do heat, kikas usou a sua prioridade e combinou duas rasgadas sólidas finalizando com um carve gigante, mas infelizmente obteve apenas um 4.57, nota insuficiente para permitir o surfista português avançar para a ronda quatro do evento.

*Frederico Morais perde precocemente no QS 10,000 Vans World Cup of Surfing 2019. Click por Terry Houston

 

 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top