Guilherme Fonseca   Foto: WSL/  TIM HAIN Guilherme Fonseca Foto: WSL/ TIM HAIN

Itens relacionados

sexta, 10 janeiro 2020 15:13

RONDA 3 DO QS NA CHINA ELIMINA ARMADA PORTUGUESA

Teresa Bonvalot, Yolanda Hopkins e Guilherme Fonseca...

O Corona Open China, etapa da Qualifying Series (QS) da World Surf League (WSL) com estatuto de 5.000 pontos, voltou a entrar em ação ontem em Riyue Bay com a realização da 3ª ronda feminina e a 3ª e 4ª ronda masculina em ondas de 1,5 a 2 metros, mas com swell inconsistente que desafiou os atletas em competição.

Após uma boa prestação nas rondas 1 e 2 onde ficou em 1º e 2º lugar nos seus heats, respetivamente, Teresa Bonvalot voltou a representar a bandeira lusa ao competir no 4º heat da ronda 3 contra a australiana Freya Prumm e a holandesa Eveline Hooft.

A surfista lusa começou bem a prova com uma onda que lhe valeu um 6.83 (em 10 pontos possíveis), a pontuação mais alta de todo heat, mas o seu backup de 4.80 não foi suficiente para a deixar avançar à ronda seguinte tendo-se visto eliminada da etapa ao ficar em 3º lugar num heat liderado por Freya Prumm.

 

Teresa Bonvalot na ronda 2 do evento Foto: WSL/ Tim Hain

 

Com um total combinado de 7.43 pontos (em 20 possíveis), Teresa Bonvalot conquistou na China um 17º lugar nesta que é a segunda etapa do calendário feminino do QS e a primeira realizada em 2020.

Yolanda Hopkins, que também mostrou muito bom surf na ronda 1 e 2 da etapa chinesa, tendo inclusive superado a atleta do CT, Coco Ho na ronda 2,  também não viu um bom desfecho na ronda 3.

A campeã nacional lutou por chegar mais longe no evento, mas com um total combinado de 9.07 a surfista algarvia acabou por se ver na terceira posição e, consequentemente, eliminada da etapa.

Com esta prestação, Yolanda Hopkins terminou também a sua prestação na etapa voltando para casa com um 17º lugar.

 

Yolanda Hopkyns na ronda de abertura do evento feminino Foto: WSL/ Tim Hain

 

Já na circuito masculino, Guilherme Fonseca era o único representante luso ainda em prova na ronda 3.

O surfista de 22 anos mostrou o seu empenho em chegar longe na etapa de estreia do circuito masculino do QS, mas não viu a sorte do seu lado ao competir no 6º heat contra  o surfista da Polinésia francesa Mihimana Braye e o neo-zelandes Te Kehukehu Butler.

Com um total combinado de 9.70 pontos, Guilherme Fonseca acabou a sua prestação em terceiro lugar por uma diferença mínima de 0.20 pontos atrás de Te Kehukehu Butler, com 9.90, enquanto Mihimana Braye liderou com um total combinado de 10.60.

Guilherme Fonseca despede-se assim de Riyue Bay, na China, com um 17º lugar conquistando  1.000 pontos na etapa.


Perfil em destaque

Scroll To Top