terça-feira, 06 outubro 2020 11:10

REVISTA SURFER GHEGA AO FIM APÓS 60 ANOS DE PUBLICAÇÕES

Deixando o mundo do surf mais pobre...

 

Considerada a bíblia do surf, a revista teve na sua equipa alguns dos maiores escritores de surf. Cada edição esteve repleta de imagens premiadas dos melhores fotógrafos de surf do mundo, entrevistas provocantes com as personalidades mais intrigantes e histórias de aventura dos cantos mais longínquos do globo.

A revista americana foi fundada na Califórnia em 1960 por John Severson e vendida à editora American Media, Inc. (AMI) em 2019.

Desde a aquisição, a equipa foi reduzida, mas a produção continuou até ao passado dia 2, quando a decisão de despedir toda a equipa foi tomada.

 

 

 

  

 

 

“Desde a aquisição da Surfer por parte da AMI que a revista estava por um fio, mas o tempo está a contar desde que Al Gore inventou a internet. Estamos 20 ou mais anos distantes do dia em que um artigo impresso poderia divulgar uma história, definir um tom, conduzir uma discussão.” disse Matt Warshaw, ex-escritor e editor da revista Surfer.

Tal como o editor Todd Prodanovich confirmou no Instagram, a edição recente é a última da revista e marca assim o fim de uma era.

 

Perfil em destaque

Scroll To Top