Itens relacionados

quinta, 29 maio 2014 09:04

SALLY FITZGIBBONS VENCE EM FIJI

Australiana bateu a compatriota Stephanie Gilmore na final

 

Cloudbreak recebeu as atletas ainda em prova no Fiji Women’s Pro com ondas entre 1.8 e 2.4 metros. Grandes ondas para as melhores surfistas do mundo, que mostraram estar à altura do desafio, com grande nível de surf.

 

O dia começou com os dois duelos que restavam da ronda 4 e que definiam os emparelhamentos para os quartos de final. Num heat pouco comum numa fase tão precoce, Sally Fitzgibbons e Tyler Wright protagonizaram um embate renhido, com notas altas. Sally acabou por levar a melhor, muito graças ao 8.40 que conseguiu logo no início. No outro heat que faltava, Malia Manuel afastou Paige Hareb, apesar de sofrer uma lesão com alguma gravidade no pulso.

 

Nos quartos de final a nota de destaque foi a eliminação da campeã do mundo, Carissa Moore, aos pés da rookie Dimity Stoyle. O heat foi marcado por notas baixas, até porque as ondas não estavam a colaborar muito. Tudo se decidiu por poucos centésimos, e Dimity Stoyle alcançou a primeira meia final da sua carreira no Tour.

 

Stephanie Gilmore já havia vencido Bianca Buitendag no heat anterior, também ele muito competitivo. Sally Fitzgibbons eliminou Laura Enever, que durante o heat caiu e partiu a prancha à procura de um tubo. Sally esteve sempre à frente, e Laura nunca conseguiu encontrar-se na água. Para finalizar esta ronda, Malia Manuel, apesar da lesão sofrida no pulso durante a ronda anterior, afastou a rookie francesa Johanne Defay.

 

Na primeira meia final, Stephanie Gilmore derrotou Dimity Stoyle de forma segura e atingiu a sua segunda final esta época. Sally Fitzgibbons e Malia Manuel lutavam pela outra vaga na final. Malia começou por liderar o marcador, mas Sally, com um dos melhores tubos do evento, ‘sacou’ 9.07 pontos e decidiu aí o rumo do heat. 

 

A final foi um duelo ‘aussie’, com Sally Fitzgibons e Stephanie Gilmore depressa a mostrarem muita vontade de vencer e muito ativas dentro de água. Houve uma troca de notas baixas, até que Sally conseguiu um 6.00, que lhe dava vantagem sobre o 3.50 de Stephanie, que ainda conseguiu um 5.23, insuficiente para anular a vantagem de Sally, que acabou por vencer a segunda etapa consecutiva no Tour feminino, e apimentar a luta pelo título mundial, ao aproximar-se de Carissa Moore que é, ainda, a líder.

Round 4

Bianca Buitendag (ZAF) 16.90 def. Alessa Quizon (HAW) 14.84
Carissa Moore (HAW) 17.07 def. Tatiana Weston-Webb (HAW) 15.13
Sally Fitzgibbons (AUS) 15.57 def. Tyler Wright (AUS) 13.93
Malia Manuel (HAW) 8.50 def. Paige Hareb (NZL) 7.00

Quartos de final

Stephanie Gilmore (AUS) 15.50 def. Bianca Buitendag (ZAF) 13.50
Dimity Stoyle (AUS) 6.83 Carissa Moore (HAW) 5.34
Sally Fitzgibbons (AUS) 14.27 def. Laura Enever (AUS) 1.90
Malia Manuel (HAW) 9.50 def. Johanne Defay (FRA) 8.93

Meias finais

Stephanie Gilmore (AUS) 15.50 def. Dimity Stoyle (AUS) 5.33
Sally Fitzgibbons (AUS) 14.24 def. Malia Manuel (HAW) 8.86

Final

Sally Fitzgibbons (AUS) 9.00 def. Stephanie Gilmore (AUS) 8.73


Perfil em destaque

Scroll To Top