Itens relacionados

quarta, 04 junho 2014 08:27

FIJI PRO, DIA 2: TIAGO PIRES AVANÇA PARA A RONDA 3

‘Saca’ eliminou CJ Hobgood e vai defrontar hoje Taj Burrow

 

Excelente a vitória de Tiago Pires perante um dos surfistas que melhores resultados tem obtido em Fiji nos últimos anos, o americano CJ Hobgood, ex campeão do mundo.


Num dia que arrancou bem cedo em Cloudbreak, com ondas de 1m a 1,5m, começou por se realizar a ronda 2, de repescagens. Tiago entrou em ação no 5º heat e após um início algo lento, Tiago arrancou um série de manobras poderosas de backside que lhe valeram a nota mais alta do heat, um 7.77. Hobgood não conseguiu responder à altura, e Tiago ainda acabou em bom estilo, ao acrescentar um 6.10 que consolidou em definitivo a passagem à ronda 4. Vitória muito importante para ‘Saca’, em particular depois de uma prestação menos conseguida na véspera. “Obrigado por acreditarem”, foi a mensagem que deixou nas redes sociais. Tiago vai agora defrontar Taj Burrow.

Também nesta ronda, o campeão do mundo Mick Fanning ultrapassou Wiggolly Dantas, depois de ter ficado em último lugar na ronda 1. Destaque também para a eliminação de Josh Kerr, perante Glenn Hall, e para as prestações muito fortes de Adrian Buchan e Jeremy Flores, perante Travis Logie e Mitch Crews.


Nesta fase do dia começavam a chegar os tubos, depois de vários heats onde as ondas se apresentaram mais ‘high performance’, onde imperaram as manobras poderosas, com muito água pelo ar.


Mick Fanning defrontou Alejo Muniz no primeiro heat da ronda 3, e entrou de forma absolutamente determinada. Fanno encontrou um dos primeiros bons tubos do dia, e foi premiado com 8.93 pontos que o deixaram numa posição muito confortável perante o brasileiro Muniz, que embora se mantivesse muito ativo, continuou num registo de notas medianas.


O heat entre Nat Young e Kai Otton, dois goofys, foi animado e o primeiro verdadeiro festival de tubos ‘à Cloudbreak’, em especial para Nat, que estava em perfeita sintonia com mar, timming e técnica irrepreensível valeram-lhe uma sequência de tubos onde ainda conseguiu acrescentar um última manobra forte. Kai Otton mostrou a sua perícia de frontside, mas por comparação as suas ondas ficavam sempre um pouco aquém das de Nat Young.


Michel Bourez e Jeremy Flores foram os senhores que se seguiram, e a diferença neste heat foram os tubos incríveis do ‘Spartan’. Michel conseguiu no mesmo heat, um par de ‘oitos’ e um par de ‘noves’ (!), enquanto Jeremy sentia dificuldade em encontrar a saída dos seus tubos. Bourez é, definitivamente, uma ameaça real!


Filipe Toledo causou a surpresa desta ronda, ao afastar o sul africano Jordy Smith, que parecia bem lançado para uma prova sólida. Jordy até começou melhor, mas um 8,27 de Toledo, já na parte final da bateria, acabou por fazer a diferença.

Owen Wright afastou Bede Durbidge num duelo entre australianos. Owen começou por apostar em sequências de snaps poderosos, e tomou a dianteira fruto de uma das melhores ondas do dia, onde após um ‘carve’ de frontside, encaixou um tubo bem profundo. O resultado foi um 9.33 que deixou Bede para trás, apesar de duas excelentes ondas onde conseguiu um 8.43 e um 7.50.


A terminar o dia, Kelly Slater fez jus ao seu favoritismo e bateu o wildcard Mitch Coleborn de forma assertiva. Kelly começou por juntar na mesma onda um ‘turn’ poderoso, um tubo e um floater, que lhe deram 7.83 pontos. Não satisfeito, o ‘careca’ ainda arrancou um clássico tubo de Cloudbreak e deixou Coleborn em combinação. Ficam ainda a faltar seis heats da ronda 3. A prova deve retomar hoje, conforme o comissário Kieren Perrow adiantou ontem, em direto.

Ronda 2
Heat 1: Taj Burrow (AUS) 13.00 vs. Isei Tokovou (FJI) 4.43
Heat 2: Mick Fanning (AUS) 12.43 def. Wiggolly Dantas (AUS) 11.60
Heat 3: Glenn Hall (AUS) 11.76 def. Josh Kerr (AUS) 9.97
Heat 4: Nat Young (USA) 14.67 def. Brett Simpson (USA) 11.17
Heat 5: Tiago Pires (PRT) 13.87 def. C.J. Hobgood (USA) 7.40
Heat 6: Bede Durbidge (AUS) 14.37 def. Dion Atkinson (AUS) 14.20
Heat 7: Alejo Muniz (BRA) 13.10 def. Miguel Pupo (BRA) 12.93
Heat 8: Kolohe Andino (USA) 12.70 def. Aritz Aranburu (EUK) 10.83
Heat 9: Kai Otton (AUS) 14.10 def. Matt Wilkinson (AUS) 11.10
Heat 10: Filipe Toledo (BRA) 12.90 def. Jadson Andre (BRA) 12.50
Heat 11: Adrian Buchan (AUS) 14.10 def. Travis Logie (ZAF) 11.96
Heat 12: Jeremy Flores (FRA) 14.53 def. Mitch Crews (AUS) 9.70

Ronda 3
Mick Fanning (AUS) 15.07 def. Alejo Muniz (BRA) 8.44
Heat 2: Nat Young (USA) 16.33 def. Kai Otton (AUS) 13.20
Heat 3: Michel Bourez (PYF) 18.70 def. Jeremy Flores (FRA) 10.57
Heat 4: Filipe Toledo (BRA) 13.70 def. Jordy Smith (ZAF) 12.43
Heat 5: Owen Wright (AUS) 16.16 def. Bede Durbidge (AUS) 15.93
Heat 6: Kelly Slater (USA) 16.33 def. 9.43 Mitch Coleborn (AUS)

 


Perfil em destaque

Scroll To Top