Itens relacionados

segunda, 05 janeiro 2015 13:16

É OFICIAL: A ASP DEU LUGAR À WORLD SURF LEAGUE

Mudança já é visível no site oficial. Paul Speaker, o CEO, deixou uma mensagem a oficializar a novidade.

 

 

Decerto já reparaste se visitas com regularidade o site da (antiga) ASP. A mudança de nome para World Surf League já aconteceu e foi tornada oficial numa mensagem do CEO Paul Speaker, que aproveitou para deixar algumas notas sobre a época que termina e o que aí vem.

 

“É um ano novo e estamos ansiosos por uma nova época tremenda com os melhores surfistas do mundo, nas melhores ondas do mundo”, começa por escrever Paul Speaker.

 

O CEO deixou agradecimentos aos Comissários Kieren Perrow, Jessi Miley e Peter Mel, pelo “conhecimento e liderança”, para de seguida fazer referência ao Big Wave World Tour e aos Big Wave Awards, que considerou “excelentes adições, como dois vencedores merecidos nas etapas do Perú e País Basco (Makua Rothman e Nic Lamb). Estamos de olhos postos em Todos os Santos e Pe’ahi nas próximas semanas para tentar culminar a época de 2014/2015”, acrescentou.

 

Speaker destacou também a qualidade da época feminina. “quisemos proporcionar uma plataforma de qualidade para as melhores surfistas do mundo poderem atuar e elas tiveram performances para além das expectativas de todos. O surf delas - desde a Gold Coast, Fiji, Trestles ou Honolua Bay - foi  incrível (…) Estamos ansiosos por ver as mulheres atingirem novos patamares em 2015”.

 

Não faltou uma referência à vitória de Gabriel Medina. “A última época foi histórica. Desde as ondas que tivemos a sorte de apanhar, às performances da elite mundial - até à vitória cultural e geracional de Gabriel Medina, 2014 foi um sucesso em todas as frentes. O título de Medina simboliza bem o trabalho duro  que ele e a família têm tido durante vários anos, e também o compromisso com a excelência que ele e os seus compatriotas têm proporcionado ao desporto há várias décadas. Esta é ‘A’ altura mais excitante para o surf profissional, e mal podemos esperar para ver o que fazem na próxima época Gabriel, Mick, Kelly, Jordy, John John, ou qualquer um dos Top 34 do WSL”, garantiu.

 

Paul reforçou a ideia por trás da mudança de nome da organização. “A ASP é agora a World Surf League (WSL) - a ideia é proporcionar um acesso mais fácil ao melhor surf do mundo para os nossos fãs, tanto os velhos como os novos”, afiançou. A meta, de “ter os melhores surfistas do mundo nas melhores ondas do mundo”, essa, mantém-se intacta.

 

Para recordares a história da ASP, segue este link

Perfil em destaque

Scroll To Top