Itens relacionados

quinta, 07 novembro 2013 12:18

ELLA WILLIAMS E UM TÍTULO MUNDIAL QUASE CAÍDO DO CÉU

Neozelandesa fala pela primeira vez após o sucesso no Brasil, numa prova para a qual nem estava qualificada.

Ella Williams é a nova campeã mundial júnior da ASP. A surfista neozelandesa, de 18 anos, venceu de forma surpreendente a competição que terminou na semana passada em Florianópolis, no Brasil. Contudo, se há um mês lhe tivessem dito que se iria sagrar campeã do Mundo, provavelmente não acreditaria. Ella nem sequer estava entre as qualificadas da região Australasia.

 

Mas o seu destino mudou com a desistência da australiana Ellie Jean-Coffey. Como era a primeira "suplente" ficou com a vaga deixada em aberto e rumou ao Brasil quase de forma inesperada. A competição foi avançando e Ella Williams ultrapassando as suas adversárias. Algumas das principais candidatas ao título caíram, precisamente, aos seus pés, e em menos de uma semana assegurou o maior feito da ainda curta carreira.

 

Ainda sem resultados expressivos a nível sénior, onde terminou o ano no 64.º posto do ranking mundial feminino, a promessa neozelandesa vai certamente começar a chamar mais atenção para si depois deste título. Ella Williams concedeu uma entrevista à ASP onde fala pela primeira vez do sucesso alcançado nas ondas brasileiras.

 

"Foi uma loucura! Três semanas antes do campeonato nem esperava entrar. Depois recebi uma chamada e só tive tempo de marcar os bilhetes e seguir para o Brasil. Felizmente, não é preciso visto para viajar da Nova Zelândia para o Brasil. Seguimos viagem e parece que estava tudo destinado a acontecer", começou por explicar.

 

"Ainda nem tenho palavras para descrever o que se passou, estou nas nuvens. É um sentimento incrível. Foi um dos melhores dias da minha vida. É um sonho tornado realidade, trabalhei muito para este título, mas nunca pensei que chegasse tão cedo. Esta vitória representa um grande passo na minha carreira e no surf neozelandês", afirmou Ella.

 

A jovem surfista falou ainda dos objetivos para o futuro da carreira, não deixando de salientar o sonho de entrar no World Tour feminino. "Agora estou de regresso a casa para passar algum tempo com a família e amigos. Depois disso, vou preocupar-me apenas em surfar e preparar da melhor forma a entrada em 2014. Para o próximo ano está nos meus planos fazer o máximo possíveis de etapas do WQS, evoluir, aprender e ter novas experiências. No futuro, adoraria qualificar-me para o WWT", explicou.

Perfil em destaque

  • TIAGO GUERRA - 9 ANOS - LISBOA TIAGO GUERRA - 9 ANOS - LISBOA

    O perfil desta semana chega-nos de Lisboa e, embora a sua idade ainda se conte pelos dedos das mãos, o titulo de campeão já faz parte do seu currículo...

Scroll To Top