banner topf

Itens relacionados

terça, 20 outubro 2015 11:33

Social Surf Weekend: milhares de pessoas estiveram em Cabo Ledo

Evento realizou-se este fim-de-semana na Praia dos Pescadores, em Cabo Ledo, Angola.

 

 

O Social Surf Weekend 2015 realizado neste fim-de-semana na praia dos Pescadores em Cabo Ledo provou que há eventos pelos quais vale a pena esperar um ano inteiro.

 

Com a marca Social Team e o apoio Speed, a 3ª edição do SSW inovou e superou todas as expectativas, quer da organização, quer dos participantes, recebendo de 16 a 18 de Outubro uma multidão de gente que não resistiu ao espírito de praia, campismo, festa e desporto, proporcionados na praia dos Surfistas.

 

A competição renhida

A dominar as ondas no domingo estiveram oito equipas compostas por quatro elementos, fazendo um total de 32 atletas, entre os quais os Terríveis Jagas de Cabo Ledo, campeōes nacionais, que perderam o título de 2015 para a equipa Kionda. Os surfistas Kionda descobriram que o segredo está na miscelânea de culturas que faz a génese da sua equipa constituída por dois brasileiros, um angolano e um israelita.

 

Repetentes das ediçōes anteriores, os novos campeōes já haviam competido em 2013 e em 2014, mas em equipas diferentes. Este ano juntaram-se e deram outra energia ao campeonato. Mas o título dos Kionda não é a única grande surpresa do SSW 2015, também os pequenos Hakuna Matata fizeram história ao alcançarem o 2o lugar, sem dar hipótese aos Terríveis Jagas, quatro jovens surfistas da localidade de Cabo Ledo. 

 

Festival de três dias

A edição 2015, que contou com o apoio da Speed, superou as expectativas, abrindo as portas na Sexta-feira, dia em que os participantes foram recebidos com bonfire e só terminou no Domingo, com o derradeiro campeonato de surf. Na inovação do evento destaca-se um palco com quatro DJ’s ovacionados do princípio ao fim, com direito a “encore" de 30 minutos, uma área de alimentação entre hambúrgueres e churrasco e bares de consumo de bebidas.

 

O espaço, que este ano foi maior, recebeu cerca de 2400 pessoas que não queriam tirar o pé da areia e, não fosse o campeonato, teriam ficado até de manhã, dado o cenário quase cinematográfico que se proporcionou com todo o jogo de luzes e energia positiva que envolveram a praia dos Pescadores.

 

Com uma área especial para as suas tendas, o SSW proporcionou também um “shower spot”, com uma estrutura de chuveiros montada e um kit higiene Oasis à disposição.

 

A organização chamou a atenção para as melhorias deste ano: “Não houve filas para as barracas de comidas, nem para os bares. A iluminação, a cargo da Siluz, foi excelente, todos os bares e lugares onde estavam concentradas pessoas estavam iluminados, tornando toda a logística mais fácil”, explicou Henriques, agradecendo também à PrintLab, Unitel, Agrinsul e Dimetal pela constante "confiança que depositam neste evento anual". 

 

Desporto inclusivo

A harmonia do evento foi também assegurada por duas aulas de Yoga no Sábado e no Domingo e uma mensagem de responsabilidade social que a organização promoveu ao longo de todo o evento, preservar e manter a praia limpa. Para o efeito, a zona de lazer da praia tinha em diversos cantos caixotes de lixo personalizados em forma de pranchas de surf com mensagens de preservação do ambiente.

 

 

Sobre o SSW e Social Team

O Social Team é uma equipa multidisciplinar, envolvida em desportos radicais, que organiza eventos de âmbito desportivo e de responsabilidade social.

O SSW é um dos evento anuaisl, que junta surfistas amadores e profissionais, nacionais e estrangeiros, de todas as idades, na praia dos Surfistas em Cabo Ledo e que já se tornou um verdadeiro festival a que ninguém quer faltar.

 

Perfil em destaque

Scroll To Top