Itens relacionados

terça, 24 maio 2016 10:24

EXPANSÃO TURÍSTICA AMEAÇA DESTRUIR ONDAS DE BALI

Construção desenfreada começa a arruinar alguns spots emblemáticos… 

 

Bali, a Ilha dos Deuses como é vulgarmente conhecida, é um local sagrado, um lugar único no mundo… mas começa a ter algumas das suas ondas seriamente ameaçadas devido ao desenvolvimento e expansão turística. É que, se o surf e os surfistas são largamente importantes para a economia local, também o turismo comum, aquele que procura o relaxamento, paisagens incríveis e um destino de sonho, se encontra em forte crescimento por esta ilha da Indonésia. 

 

Para fazer face à crescente procura têm vindo a ser construídos mais alojamentos, hotéis e resorts em várias zonas da ilha, só que, por vezes, a construção passa os limites do razoável e atinge o local de culto dos surfistas: as ondas e os reefs locais

 

A última denúncia de uma organização local (Project Clean Uluwatu) prende-se com a construção de um molhe de pedras mar adentro, provavelmente feito de forma ilegal, que arruinou por completo uma dos melhores spots de surf da ilha - Nikkos. As imagens em cima elucidam bem a qualidade da onda, como era… e de como se encontra agora, perfeita e claramente limitada. 

 

Isto aconteceu no sul da ilha que neste momento está a registar um crescimento no turismo e por esse motivo também um forte desenvolvimento na construção. Nusa Dua está na linha da frente dessa expansão com hotéis a serem construídos sobre falésias, em praias, etc. E todos eles querem oferecer algo exclusivo, único, o que por vezes leva à construção de perfeitas aberrações e coisas sem qualquer sentido. A associação local refere mesmo que a linha da costa está irreconhecível. 

 

No caso das imagens, Kempinski, o objetivo foi construir um pontão onde os turistas pudessem caminhar, mas que mesmo tempo também criasse uma espécie de porto de abrigo. Pena foi que tivesse sido às custas de uma das melhores ondas de Bali. 

 

Os hotéis e resorts, na sua grande maioria sob a alçada de grandes marcas do meio como o Ritz Carlton ou Hilton, aproveitam-se da desorganização e burocracia do sistema indonésio para levar por diante as suas ideias, sem que alguém os impeça ou tome medidas em contrário. Construção legal ou ilegal, quem saberá?

 

A beleza natural de Bali e toda a sua cultura começa a ficar afastada, muito longe mesmo, do assunto principal que é, precisamente, a sua preservação. O dinheiro e os interesses turísticos estão a levar a melhor, o que não deixa de ser triste uma vez que Bali é um destino de referência para todos os surfistas do globo. 

 

Fica a questão: Que outras ondas serão destruídas nos próximos tempos?

Perfil em destaque

Scroll To Top