O americano Kolohe Andino é o campeão em título do QS10000 de Cascais. O americano Kolohe Andino é o campeão em título do QS10000 de Cascais. Foto: WSL/Masurel

Itens relacionados

segunda, 05 setembro 2016 14:42

QS10000 DE CASCAIS CAPTA ATENÇÃO DA ELITE MUNDIAL

Lista de inscrições provisória apresenta 15 surfista do Championship Tour… 

 

Cascais Billabong Pro, QS10000 masculino da WSL, só tem lugar no final do mês, entre 24 de setembro a 2 de outubro, mas já captou a atenção de várias surfistas da elite mundial. A prova, na realidade, é a antepenúltima etapa de categoria máxima da presente temporada da Qualifying Series, depois só restam Haleiwa e Sunset Beach. Por esse motivo é natural que atraia a atenção de surfistas que visem a requalificação e estejam a precisar de pontos na fase final do ano. 

 

Para já, numa lista que ainda é provisória, podemos encontrar quinze nomes do World Championship Tour. São eles: Conner Coffin, Jadson Andre, Keanu Asing, Miguel Pupo, Jeremy Flores, Matt Banting, Ryan Callinan, Italo Ferreira, Caio Ibelli, Dave Cathels, Alejo Muniz, Kanoa Igarashi, Jack Freestone, Alex Ribeiro e Stu Kennedy. 

 

A esta lista podemos encontrar também toda a armada habitual da Qualifying Series, bem como os portugueses Pedro Henrique, Frederico Morais e Vasco Ribeiro, que estão na ronda 2 fruto de serem top seeds, e ainda Marlon Lipke e José Ferreira que entram a competir logo na ronda inaugural. 

 

A composição lusa poderá aumentar como mais uma ou duas presenças uma vez que Tomás Fernandes, Miguel Blanco, Nic von Rupp e Luís Perloiro encontram-se na lista de espera. Relembre-se que às etapas de categoria QS10000 só tem acesso os surfistas do World Championship Tour e/ou os que constam no top 100 do ranking internacional do circuito mundial de qualificação (WQS). 

 

Entretanto, antes da prova de Cascais é de seguir o Azores Airlines Pro, QS6000 que inicia amanhã, terça-feira, dia 6 de setembro, nas ondas da Ribeira Grande, em S. Miguel.

Perfil em destaque

Scroll To Top