banner topf

Itens relacionados

sábado, 29 setembro 2018 13:40

Ryan Callinan vence O EDP Billabong Pro Ericeira e garante qualificação para o WCT 2019

A história emocionante do Australiano Ryan Callinan que se requalificou para o WCT, após diversos anos a lutar no Circuito Mundial de Qualificação.

A final do EDP Billabong Ericeira Pro terminou pelas 14:40 horas Portuguesas e assistiu a um ultimo dia pleno de emoções e em que o vencedor foi o Australiano Ryan Callinan, atleta Australiano, treinado por Richard Dog Marsh e amigo e "team mate" de Frederico Morais.

O australiano Ryan Callinan é o vencedor do EDP Billabong Pro Ericeira, etapa de categoria máxima (10.000 pontos) do circuito mundial de qualificação (QS) da World Surf League (WSL) que terminou este Sábado, dia 29 de setembro, na praia de Ribeira D’Ilhas na Ericeira, Mafra, com boas condições de surf, pouco vento e muito sol. Com este resultado, o surfista de Newscastle subiu ao 2º lugar do ranking do QS e praticamente garantiu a sua presença no circuito mundial (CT) de 2019.

 

Na final do evento, um dos heats mais disputados da semana, com várias trocas de liderança, o surfista que esteve no circuito mundial, em 2016, derrotou o japonês Kanoa Igarashi, atual nº 9 desse mesmo circuito. Ryan Callinan concretizou uma pontuação total de 15,13 pontos (em 20 possíveis) contra os 14,94 do seu adversário.

 

“É com isto que um surfista profissional sonha. Ter aquela última vir na minha direção, num momento tão crucial do heat, é incrível e estou assoberbado. Este é um momento marcante na minha carreira e sinto que tudo me está a correr bem neste momento. Tive a minha melhor performance na final e tudo correu maravilhosamente. Este ano tem sido um turbilhão, não sei o que se passa. Nunca tinha ganho um evento e esta é já a minha segunda vitória do ano!” explicou o surfista.

 

Com este resultado, Ryan Callinan subiu ao 2º lugar do ranking do QS, atrás de Kanoa Igarashi, que é o novo líder, sucedendo ao havaiano Seth Moniz, agora nº4 atrás do norte-americano Griffin Colapinto, nº3, um dos surfistas que também esteve em evidência no EDP Billabong Pro Ericeira. Importante ainda mencionar que, com esta vitória em Ribeira D’Ilhas, Callinan praticamente garantiu a sua presença no circuito mundial de 2019.

 

Em terceiro lugar, eliminado pelo vencedor deste evento, ficou o brasileiro Gabriel Medina, nº2 do Mundo e campeão mundial de 2014, tal como o havaiano Tanner Hendrickson, eliminado por Kanoa Igarashi.

 

Frederico Morais, que à entrada para este último dia de prova era o único português ainda em acção, foi eliminado nos oitavos de final. O português fez uma pontuação total de 9,60 pontos contra os 11,36 do seu adversário, o havaiano Tanner Hendrickson, que só viria a perder nas meias-finais.

 

Frederico Morais despediu-se, assim, do evento, com um 9º lugar e 3700 pontos a contar para o ranking do QS, no qual ocupa agora o 41º lugar.

 

Tal como nos restantes dias de competição, a praia de Ribeira D’Ilhas na Ericeira apresentou excelentes condições de surf, tendo a prova sido considerada pelos atletas como a melhor do ano no QS até ao momento. Para além da qualidade das ondas, também o estado do tempo colaborou com a organização de prova, ao melhor jeito de um Verão tardio, com dias de sol e muita animação, destacando-se a Moche Impact Zone e o mercado de surfwear e marcas.

 

EDP BILLABONG PRO ERICEIRA FINAL RESULTADOS:
1 - Ryan Callinan (AUS) 15.13
2 - Kanoa Igarashi (JPN) 14.94

EDP BILLABONG PRO ERICEIRA SEMIFINAIS RESULTADOS:
SF 1: Ryan Callinan (AUS) 12.17 def.
Gabriel Medina (BRA) 11.97
SF 2: Kanoa Igarashi (JPN) 13.90 def. Tanner Hendrickson (HAW) 13.37

EDP BILLABONG PRO ERICEIRA QUARTOS DE FINAL RESULTADOS:
QF 1: Ryan Callinan (AUS) 9.50 def. Deivid Silva (BRA) 8.06
QF 2: Gabriel Medina (BRA) 16.90 def. Ethan Ewing (AUS) 15.66
QF 3: Kanoa Igarashi (JPN) 14.90 def. Leonardo Fioravanti (ITA) 14.47
QF 4: Tanner Hendrickson (HAW) 10.50 def. Jake Marshall (USA) 3.87

 

 


Perfil em destaque

Scroll To Top