banner topf

Itens relacionados

sábado, 28 setembro 2019 14:50

EDP Billabong Pro Ericeira segue para as meias-finais sem portugueses

Espetáculo do título de campeão marcado para amanhã, Domingo


 
Tiago Pires e Taj Burrow regressam à competição para disputar heat de lendas
 
 
Estão encontrados os quatro últimos surfistas do EDP Billabong Pro Ericeira, campeonato de 10.000 pontos (categoria máxima) das Qualifying Series (QS) da World Surf League (WSL), que hoje, sábado, 28 de Setembro, viu acontecer o seu penúltimo dia de competição. Com ondas um pouco menores do que ontem, mas não por isso de menor qualidade, a competição entrou na água pelas 9:30 da manhã para os cinco últimos heats dos oitavos-de-final (ronda 5) e toda a ronda dos quartos-de-final.
 
O português Frederico Morais entrou em competição na quinta bateria dos oitavos-de-final contra o australiano Stu Kennedy, ambos surfistas que já estiveram no Championship Tour (CT) da WSL. O surfista de Cascais foi quem começou melhor o heat e rapidamente fez duas pontuações acima dos 7 pontos, mas o australiano não desistiu e encontrou um 8.50 que, juntando à sua melhor nota anterior, lhe deu o primeiro lugar, em cima da marca dos 13 minutos.
 
Frederico Morais procurou responder, mas não conseguiu encontrar a onda que procurava. As pontuações finais foram de 14.93 (em 20 possíveis) para Stu Kennedy e 14.80 para Frederico Morais, que assim se despediu do evento português com um 9º lugar e 3700 a contar para o ranking do QS.
 
Tal como aconteceu no heat do surfista português, foram frequentes as ondas com pontuações acima dos 7 pontos e, nos quartos-de-final, o vencedor de cada um dos quatro heats recebeu notas acima dos 8 pontos, ou seja, no parâmetro de julgamento do “excelente”. Factos que revelam o nível apresentado em competição e deixam antever um último dia de competição de igual ou melhor nível de surf.
 
Para Domingo, o alinhamento das semifinais é já conhecido:

no primeiro heat, o australiano Jacob Wilcox terá pela frente o brasileiro Samuel Pupo; logo depois, o australiano Stu Kennedy encontra o brasileiro Yago Dora, surfista do CT, na segunda semifinal. Nota para o facto de este ser já o melhor resultado da temporada para Wilcox, Kennedy e Pupo.
 

No que será um momento paralelo à competição regular, o português Tiago “Saca” Pires, voltará a vestir a licra de competição para disputar o “Legends Heat powered by You and the Sea” contra o australiano vice-campeão mundial de 2007, Taj Burrow. Recorde-se que ambos os surfistas disseram adeus à competição internacional em 2015.
 
Amanhã, Domingo, dia 29 de setembro, será o último dia de competição, com a chamada marcada para as 10:00 da manhã.


Perfil em destaque

Scroll To Top