terça, 20 maio 2014 09:15

BLOCO DE ESQUERDA QUER SURF NOS CURRÍCULOS ESCOLARES

Quem o disse foi Marisa Matias, cabeça de lista do BE às europeias

 

Numa visita à praia de Supertubos, em Peniche, parte integrante da campanha às europeias, Marisa Matias - do Bloco de Esquerda - falou da economia do mar em geral, e da importância particular do surf.

 

"A economia do mar não pode ser apenas vista numa lógica de mercado. Nós temos de facto uma costa muito vasta e temos recursos que vão para além daquilo que aparece na lógica mercantil, um deles é o surf”, começou por dizer. "o surf não tem sido usado como deveria ser em favor do desenvolvimento local e até mesmo da proteção ambiental".


"É uma prática que poderia e deveria ser incluída, por exemplo, naquilo que são os currículos escolares. Não é muito compreensível que, com tanta costa, com tantos quilómetros de praia, seja muito difícil que as escolas cheguem, por exemplo, à prática de surf e a outras práticas associadas", continuou.

 

A candidata do Bloco, usou como exemplo precisamente Supertubos: "quando se realiza a prova do circuito mundial de surf, em três semanas, gera para a economia local qualquer coisa como nove milhões de euros".

 

Tiago Rodrigues, empresário ligado ao sector alertou para a possibilidade de Peniche deixar de receber o World Tour: “Já se ouvem uns boatos que com as alterações na estrutura da associação profissional de surf, que pode haver a desistência, no circuito mundial de Surf, de um dos campeonatos na Europa. Ora, se só há dois?", questionou. “Portugal, o desporto e o surf podem sair prejudicados, porque só a onda da Nazaré não chega”, concluiu.

Perfil em destaque

Scroll To Top