ActivoBank

Itens relacionados

segunda, 29 setembro 2014 09:44

Projeto “Surf Salva” com segunda edição confirmada para 2015

Edição deste ano terminou com mais de 1000 participantes.

 

As sessões deste projeto, parceria entre o Instituto de Socorros a Náufragos (ISN) e o Lidl Portugal, e pioneiro na Europa, decorreram durante a época balnear de norte a sul do país. Mais de 1000 surfistas e praticantes de outros desportos aquáticos aprenderam a salvar vidas, sozinhos ou em conjunto com nadadores salvadores, contribuindo para praias mais seguras. A última sessão que marca o final das formações está a decorrer hoje desde as 10h00, no Clube Naval Infante D. Henrique – Gondomar.


A iniciativa “Surf Salva” surgiu numa altura em que se anunciava uma época balnear complexa em termos de vigilância e salvamento marítimo, uma vez que os temporais de inverno provocaram grandes alterações quer no fundo do mar, quer no recorte das praias. Estas mudanças nas praias habituais de muitos banhistas foram identificadas pelo ISN como potencialmente perigosas, o que justificou uma ação de sensibilização mais interventiva.


Nas 32 formações ‘‘Surf Salva’’ que tiveram lugar em praias de norte a sul do país participaram mais de 1100 pessoas que adquiriram desta forma conhecimentos teóricos e práticos de salvamento e aplicação do suporte básico de vida.


A formação ministrada em mais de 50 escolas por todo o país suscitou interesse em todas as faixas etárias, desde os mais novos aos mais experientes, registando-se participações entre os 10 e os 55 anos.


Resultado do sucesso da primeira edição, que permitiu a presença nas praias de mais de mil praticantes de surf, bodyboard e outros desportos aquáticos aptos a ajudar a salvar vidas, o ISN e o Lidl Portugal renovarão a parceria ‘‘Surf Salva’’ em 2015, seguros de que os resultados serão extremamente positivos.


Para o Comandante Nuno Galhardo Leitão, os resultados deste projeto são ‘‘muito animadores e revelam claramente o interesse latente dos praticantes de surf, bodyboard e outros desportos aquáticos em aprender e contribuir para a segurança nas praias. É uma ação que se enquadra nos seus valores enquanto desportistas e que pode ajudar a salvar vidas.’’


Para Vanessa Romeu, Diretora de Comunicação do Lidl “foi uma parceria de sucesso a todos os níveis, nomeadamente dada a inovação do conceito e a importância dos conhecimentos transmitidos para a sociedade. É recompensador poder, através do apoio a este projeto, contribuir para salvar vidas.’’

 

Sobre o projeto ‘‘Surf Salva’’

A primeira fase de formação decorreu em março num curso ministrado pelo Dr. David Szpilman, referência mundial no salvamento aquático e Diretor da Sociedade Brasileira de Salvamento aquático (SOBRASA), à equipa de examinadores do ISN e responsáveis de escolas de surf de norte a sul do País, num total de cerca de 60 participantes que posteriormente integraram o projeto. Esta formação incluiu a participação do Instituto Hidrográfico sobre o tema de análise das condições adequadas à prática de surf, e uma palestra da esquadra de helicópteros 751 sobre a forma correta de agir em caso de arrastamento e exemplos práticos na praia.  


A segunda etapa do projeto arrancou a 19 de junho, com a 1ª formação “Surf Salva” e decorreu durante todo o verão, de forma itinerante, num período em que existe uma maior participação no surf e maior afinidade com o tema.


Ao abrigo da parceria com o ISN e do projeto “Surf Salva”, o Lidl alargou a área de intervenção aos mais jovens, com o projeto “Turminha Do Surf”, com o objetivo de ministrar regras para estar na praia em segurança.

Perfil em destaque

Scroll To Top