Itens relacionados

quinta, 15 janeiro 2015 03:09

EX SURFISTAS WCT GARANTEM PRESENÇA NO CAPÍTULO PERFEITO

Aritz Aranburu, Pedro Scooby, Ricardo dos Santos e Nathan Hedge (wildcard) enfrentam surfistas da casa

 

Apurados 16 finalistas que vão participar no Allianz Capítulo Perfeito powered by Billabong

Terminou ontem, dia 13 de janeiro, a votação para eleger os surfistas que vão participar no Allianz Capítulo Perfeito powered by Billabong, evento que vai juntar alguns dos melhores tube riders nacionais e internacionais num dia de ondas perfeitas na praia de Carcavelos, em Cascais.


A votação, que ascendeu a um total de 90.000 votos em 103 países e 1253 cidades, decorreu no website oficial do evento entre os dias 7 e 13 de janeiro e serviu para apurar os atletas que vão participar nesta competição especial, desafiando o público a votar nos seus surfistas preferidos.


Assim, na categoria de Competidores, aberta a um máximo de seis votos por pessoa, os atletas escolhidos foram Frederico Morais, Vasco Ribeiro, Tiago Pires, José Ferreira, Miguel Blanco e Marlon Lipke.


Na categoria de Free Surfers, atletas patrocinados e apoiados por marcas para percorrerem o país e o mundo em busca das melhores ondas, os três surfistas selecionados foram Francisco Alves, João Guedes e Ruben Gonzalez.

Na categoria de Soul Surfers, surfistas alheios à indústria do surf mas que incessantemente buscam ondas perfeitas, o nome mais votado foi Alexandre Ferreira.


Por último, na categoria de Surfistas Estrangeiros, inédita na história do evento, os três atletas que conquistaram mais votos foram Aritz Aranburu, Pedro Vianna “Scooby” e Ricardo dos Santos.


Quem também garantiu acesso à competição foi Nathan Hedge, ex-membro do World Tour da ASP (agora World Surfing League) e atual no 32 do WQS, a quem a organização optou por atribuir o wildcard de salvação, reservado a um dos atletas não-apurados pelo público. Pelo seu historial no surf mundial, pela sua reputação em ondas tubulares e pelo seu carisma, o australiano acabou por merecer a preferência unânime
da organização e da Comissão de Notáveis, fechando a lista de wildcards composta por Nicolau von Rupp (vencedor da edição anterior) e Rodrigo Herédia (surfista local).


Em caso de impossibilidade de participar na prova – por indisponibilidade, lesão ou impedimento de outra natureza – os surfistas eleitos deverão declarar desistência e ceder o seu lugar aos atletas que se encontram nas posições subsequentes no ranking de votações, por ordem de preferência do público (número de votos).


Assim, na categoria de Competidores os atletas substitutos são, por ordem de prioridades, Tomás Fernandes, Gony Zubizarreta, João Kopke e Pedro Henrique.

Na categoria de Free Surfers, o acesso à prova em caso de desistência recai sobre Alex Botelho, António Silva, Filipe Jervis Pereira, Tomás Valente, Ivo Cação, Edgar Nozes e Pedro Boonman.

Entre os Soul Surfers, os substitutos são João Macedo, Tiago Oliveira, Joackim Guichard, Belmiro Mendes, André Pedroso, José Gregório, Luca Guichard, Jó Bento e Paulo Rodrigues.

Por último, na categoria de Surfistas Estrangeiros o estatuto de substituição pertence a Bruno Santos seguido de Cory Lopez, Maxime Huscenot, Elohe Ali Alvarez, Kiron Jabour e Jérôme Sahyoun.

Perfil em destaque

Scroll To Top