Itens relacionados

segunda, 30 junho 2014 20:09

FRANCISCO ALVES: "VOU MANDAR UNS BONS TUBOS POR PORTUGAL"

O surfista é um dos convidados do Rip Curl Padang Padang, em Bali.

 

Portugal vai estar muito bem representado em Padang Padang. Francisco Alves viaja já esta quarta feira para a Indonésia e com ele leva a sede de vencer, e de levar a bandeira nacional para outro continente. Em entrevista à SurfTotal, o jovem surfista da Costa da Caparica, que recentemente completou 20 anos, contou como se sente e quais as suas expetativas para o Rip Curl Padang Padang 2014, que acolhe uma das melhores esquerdas e tubos do mundo e que decorre entre 5 e 17 de julho em Padang Padang, Bali, Indonésia.


És agora oficialmente parte do team A da Rip Curl International como free surfer... talvez o único português a conseguir tal feito. Como chegaram a este acordo?
Este acordo começou no ano passado. Eu e a Rip Curl decidimos fazer um contrato de freesurfer e eu estava disposto a querer conhecer novos sítios e fazer vídeos por todo o mundo. Tenho competido, mas a minha prioridade têm sido os vídeos, mas tive o privilégio de ser convidado para este evento da Rip curl que é numa das ondas mais prestigiantes do mundo e será um prazer representar Portugal naquela onda.

 

O convite para Padang Padang surge nessa sequência?
O convite já tinha sido feito no início do ano, já sabia há algum tempo. Já estava mais ou menos decidido no contrato que ia estar presente neste grande evento.

 

Quais as tuas expectativas/objetivos para o evento?
Para este evento queria agradecer mais uma vez à Rip Curl Europa por este convite. Vou lá dar o meu melhor como sempre fiz, se Deus quiser vai correr tudo bem e vou mandar uns bons tubos por Portugal.


Já surfaste em Padang Padang? Como consideras a onda de 0 a 10 em termos de diversão e dificuldade?
Penso que Padang é uma onda bastante perigosa mas é uma onda linda e acho que vai ser incrível competir contra os melhores surfistas do mundo. Mas estou muito entusiasmado. E quero ir lá para ganhar!


Fizeste algum tipo de preparação específica para este evento? Sabemos que estiveste na Indonésia no início do mês...
É verdade, estive na Indonésia, com o Gonçalo Ruivo e com um bom grupo de amigos. Apanhei um dia muito bom, logo no primeiro dia estavam ondas de 2 metros e meio, uns tubos inesquecíveis. E estou a sentir-me preparado, não tem havido ondas em Portugal, vou quarta-feira para Bali, por isso tenho tempo para me adaptar, as pranchas que tenho para os tubos são boas.

 

Fizeste uma excelente prova na última etapa da Liga Moche... como está esse momento de forma?
Em relação ao momento de forma não tem nada a ver com forma ou treino ou fórmula para qualquer tipo de sucesso. Tenho andado só a surfar e a divertir-me. Não tenho quaisquer objetivos a nível competitivo. No entanto continuo a fazer campeonatos, porque toda a minha vida competi e adoro. Agora em relação à forma, sempre que há ondas vou surfar e aproveito também para filmar.

 

SurfTotal 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top