Itens relacionados

quarta, 07 novembro 2018 15:36

Alerta Costeiro no CAE da Figueira da Foz

Exposição de Pedro Agostinho Cruz sobre a Erosão Costeira… 

 

"Alerta Costeiro será sempre o meu coração na boca! O grito de ver a minha terra desaparecer e a tentativa de fazer algo pela mesma. É um trabalho perturbador de consciências. Espero que assim continue”, diz Pedro Agostinho Cruz, autor da fotografias que estarão em exposição dentro de alguns dias no CAE - Centro de Artes e Espetáculos da Figueira da Foz . 

 

A exposição Alerta Costeiro vai estar disponível a partir do dia 12 deste mês e está integrada no Seminário Nacional de Adaptação às Alterações Climáticas. 

 

Depois de ser “exposição cancelada”, de ser jornal, ser missão reflorestação, ser objeto de estudo para os alunos da Universidade de Coimbra e Minho, ser discussão de política local, ser destaque a nível nacional e internacional, de andar pelas principais feiras de fotografia de Portugal e de estar no Museu Nacional da Imprensa, chegou a hora de Pedro Agostinho Cru expor o seu trabalho no CAE, a convite de Ana Carvalho, vereadora da Câmara Municipal da Figueira da Foz. 

 

Alerta Costeiro visa ser um trabalho informativo, de foto documental que retrata a realidade costeira na freguesia de São Pedro de uma forma crua e sem rodeios (agora) entre 2014 e 2018. 

 

Alerta Costeiro, convém ainda frisar, é obviamente um “work in progress”. 

A não perder, a partir do dia 12, no CAE da Figueira. 

Perfil em destaque

Scroll To Top