Itens relacionados

terça, 07 abril 2015 15:54

Bajau: os últimos nómadas do mar

Algures entre a Indonésia, a Malásia e as Filipinas (na região do Triângulo dos Corais), habita um povo que vive no (e do) mar, e que se encontra em vias de extinção.

 

 

As técnicas de pesca cada vez mais destrutivas são, também, cada vez mais comuns nas populações da região do Triângulo dos Corais. Desde pequenas bombas de fabrico artesanal até produtos venenosos, vários são os métodos que têm dizimado os corais e a vida marinha, bem como vidas humanas em todo o mundo.

 

Numa comunidade de verdadeiros nómadas do mar, os Bajau Laut (também conhecidos como 'ciganos do mar'), este impacto faz-se sentir de forma muito significativa. Os Bajau são, genuinamente, os últimos nómadas do mar. Uma etnia de origem Malaia, que há séculos vive as suas vidas inteiramente no mar, entre as Filipinas, a Indonésia e a Malásia. Nas últimas décadas, muitos foram forçados a procurar uma vida em terra, mas ainda existem um número (cada vez menor) de resistentes que continuam a chamar o oceano de ‘casa’, onde habitam em longos barcos chamados ‘lepa lepa’.

 

Tradicionalmente os Bajau pescam com métodos artesanais e são verdadeiros peritos nesta arte, capazes de ir até profundidades pouco usuais para caçar. Mas estas técnicas têm vindo a ser substituídas pelo uso de cianeto e dinamite, práticas que têm sido incentivadas pela crescente procura dos mercados de peixes vivos - uma indústria que se estima movimentar cerca mil milhões de dólares em todo o mundo, cujo epicentro é Hong Kong, enquanto é a Indonésia que fornece a maior parte do peixe, cerca de 50% de todas as importações.  Muitas das espécies mais procuradas são absolutamente essenciais para a preservação dos ecossistemas corais.

 

Toda a espiritualidade dos Bajau vem do oceano, que acreditam tratar-se de uma entidade viva. Nas marés, correntes, e recifes estão os espíritos.  O seu conhecimento profundo e relação íntima com o oceano estão ameaçados, quando deveriam servir como exemplo de preservação do oceano a que chamam casa.


Perfil em destaque

Scroll To Top