Itens relacionados

quinta, 03 setembro 2015 14:23

ecoFin: as primeiras quilhas ecológicas fabricadas com plástico dos oceanos

As quilhas combinam sustentabilidade com performance e contribuem para ajudar as manter as praias de Bali mais limpas.

 

 

As ecoFin são as as primeiras quilhas ecológicas do mundo fabricadas com lixo proveniente dos oceanos.

 

A ideia nasceu em Bali, das cabeças da dupla fundadora do projecto, Felix Wunner and Luise Grossmann, foi desenvolvida na Alemanha e concretizada na Austrália.

 

Segundo os mentores do projecto, as ecoFin são a primeira quilha ecológica do mundo que combina sustentabilidade com performance, sendo fabricada com resíduos de plástico.

 

Ao retirar garrafas de plástico e outros detritos do mesmo material que poluem o mar das praias de Bali, estão a contribuir para proteger e preservar o ambiente desta zona da Indonésia.

 

Através do fabrico de produtos com materiais reciclados pretendem criar uma maior consciencialização sobre o problema da poluição nos oceanos.

 

Actualmente existem 5 triliões de pedaços de resíduos de plástico a flutuar nos oceanos e este número está a aumentar 8 milhões de toneladas por ano. Cada garrafa de plástico deitado ao mar leva 450 anos a desaparecer e isso resulta em micro-partículas de plástico que entram na cadeia alimentar dos animais, bem como a libertação de substâncias tóxicas para os oceanos.

 

A empresa garante que as ecoFin são 15% mais leves que as quilhas normais e possuem a mesma resistência e flexibilidade. São adequadas para o surf em ondas pequenas e médias sendo compatíveis com diferentes tipos de pranchas e com os vários sistemas de quilhas.

 

A base da quilha tem uma flexibilidade sólida de forma a propocionar o controlo do “drive” mudando para um fexibiidade mais sensível na ponta para possibilitar curvas rápidas no lip da onda.

 

O projecto ecoFin está na plataforma de crowdfunding Kickstarter com o objectivo de angariar um total de 35 mil dólares para levar a ideia em frente e alargar a produção implementando-o definivamente. Se tudo correr como o previsto, as quilhas poderão estar disponíveis no mercado a partir de Abril de 2016.

 

Para saberes mais vê o vídeo e clica no link em baixo.

 


Perfil em destaque

Scroll To Top