Itens relacionados

sexta-feira, 04 outubro 2013 12:52

GARRETT MCNAMARA: O ANO TODO À ESPERA DESTAS ONDAS

O surfista de ondas grandes está de volta à Nazaré. E desta vez traz muitos convidados. A Surf Total falou com ele, e não só. 

 

É algo por que espero todo o ano”, diz Garrett McNamara à Surf Total, referindo-se à onda do chamado Canhão da Nazaré.

 

O surfista de ondas gigantes está de volta a Portugal, no âmbito do ZON North Canyon 2013, que decorre entre outubro e novembro, na Praia do Norte, Nazaré. Este é o quarto ano consecutivo em que se realiza o evento, que este ano conta com o tema “Garrett & Friends”. “Vamos ter vários convidados de todo o mundo, que virão surfar à Praia do Norte nos dias de maiores ondas”, acrescenta ainda o americano à tua Surf Total.

 

"Nos últimos três anos, tem sido um pouco solitário para nós ter apenas alguns visitantes aqui e ali. Estou realmente animado para surfar na Praia do Norte com mais amigos. Vai ser bom ter mais algumas pessoas para “remar” desde a vila até ao canhão para ver o que está do outro lado. Estou também muito animado por estar de volta a casa e por poder desfrutar da Nazaré... tudo é melhor em Portugal", diz Garrett.

 

Quem irá também marcar presença constante no projeto deste ano é o português Hugo Vau, para quem este projeto é “um sonho tornado realidade”. Hugo tem 35 anos e faz parte da equipa de resgate de Garrett desde 2007. 

 

É excelente partilhar experiências e ondas com grande nomes do surf de toda a parte. A nível pessoal, tem sido muito enriquecedor, estive presente em sessões épicas e surfei algumas das maiores ondas do Mundo com os melhores do mundo”, avança à Surf Total. 

 

É muito interessante e gratificante notar que, devido ao projecto Zon North Canyon, a Nazaré se tornou num ponto incontornável na carreira e desafios dos melhores surfistas de ondas grandes, como Garret Macnamara, Shane Dorian, etc!”, acrescenta ainda, lembrando que o “projecto despertou também a curiosidade e a vontade de surfar na praia do Norte a surfistas de topo, não tão conotados com o surf de ondas grandes, como Kelly Slater e Joel Parkinson, que ficaram totalmente rendidos e impressionados com a qualidade e power das ondas da Praia do Norte”. Para este ano, Hugo confessa que apenas pretende “partilhar a boa energia da maravilhosa Praia do Norte com os locais e todos os que apareçam”.

 

Quisemos ainda saber como é que Hugo viu a polémica que surgiu no ano passado em torno da onda de António Silva e o facto de este se ter sentido esquecido e posto de lado pela organização. “A onda do Toni era de bom tamanho e ele surfou conforme pode. Tenho muita pena que ele se tenha sentido dessa forma, especialmente porque, eu o Garret e o Keallii, para além das boas vindas, até o incentivamos dentro da água, pois ele estava com imensas dificuldades e não conseguia entrar nas ondas devido ao facto de ter uma prancha muito leve!”, recorda. 

 

O que eu sei, é que durante todo o Inverno surfei com portugueses (Grego e Rúben), americanos (GArret), ingleses (Andrew Cotton e Tom Butler), irlandeses (AL Mennie),  alemães (Sebastian Steudner), havaianos (Shane Dorian), (Franco-)brasileiros (Eric Rebiere e Silvio Mancusi), franceses (Benjamin Sanchis), Bascos (Axi- Munian), australianos(Joel Parkinson), marroquinos (Othmane Choufani & Jerôme Shauion) durante várias sessões, algumas delas com ondas maiores, mais tubulares do que nesse dia e que nem sequer foram notadas, nem comentadas, nem se levantaram polémicas.”, acrescenta ainda.

 

A felicidade, diversão e a adrenalina ultrapassam e anulam quaisquer assuntos terrenos e banais e metem os egos e as polémicas num cantinho bem arrumados e esquecidos!”, conclui à Surf Total.

 

De recordar que ao longo dos últimos três anos a Nazaré tem‐se revelado como um dos locais de ondas grandes mais consistentes, sendo a atual detentora do Guinness World Record para a maior onda já surfada. 

 

Principais regras de segurança para se surfar estas ondas, segundo Hugo Vau:

"A surfar ondas grandeso que prevalece é o espírito de UNIÃO, de AMIZADE, mesmo que os surfistas não se conheçam de parte alguma são da mesma FAMÍLIA.

As minhas regras são: respeitar o Mar e a Natureza, nunca esquecer a nossa insignificância perante algo tão grandioso e poderoso como Oceano e olhar pela vida dos outros como se fosse a nossa.

E depois alguns "pormenores" técnicos como por exemplo ter a mecânica das motas e a manutenção de todo o material de salvamento e de surf impecável."

 

Patrícia Tadeia

 

Perfil em destaque

Scroll To Top