Itens relacionados

terça, 29 julho 2014 09:21

“THE SALT TRAIL” VENCE CATEGORIA DE MELHOR FILME DO ALLIANZ PORTUGUESE SURF FILM FESTIVAL

A próxima paragem do Allianz Portuguese Surf Film Festival é na Figueira da Foz

 

 

 Terminou no domingo a 3ª edição do Allianz Portuguese Surf Film Festval (PSFF), que teve lugar nos últimos quatros dias na Ericeira e que juntou cerca de mil pessoas naquela que é a primeira reserva mundial de surf na Europa.

 

Dividido em cinco categorias, o melhor filme em sustentabilidade foi para “La Tierra de Patagones”, dos irmãos Gauchos del Mar. Já a melhor curta foi para “Rail to Rail”, seguido de “Home Coming”, que ficou com o prémio da melhor banda sonora.

 

No que toca à escolha do público, foi “The Ripple Effect” que conquistou a audiência. Por último, na categoria de melhor filme, foi “The Salt Trail” que levou o galardão para casa.

 

Após o sucesso deste ano e dado o seu crescimento, Susana Andrade confessou à SurfTotal que “há a possibilidade de estender o festival por mais dias.” “Tivemos mais filmes, mais público, mais artistas na exposição e uma festa com maior dimensão.”

 

Quanto à seleção dos filmes, tarefa que nunca é fácil, a responsável mostrou-se satisfeita. No entanto lamenta que haja poucas produções portuguesas. “Continuamos sem muitas produções portuguesas e até gostaríamos de recuperar a categoria “portuguese best”, enfim... Continuamos sempre abertos às produções internacionais.”

 

No que toca à temática do surf, Susana referiu que alguns dos filmes que estiveram em exibição “tocaram na ferida” e outros na beleza. Por essa razão, em jeito de anúncio de última hora, a organização do festival decidiu fazer uma menção honrosa a um dos filmes que esteve quase a ganhar o voto do público: “Out in the Line Up”, um filme sobre surfistas homossexuais, que vão saber junto das principais organizações da modalidade qual a posição que assumem quando se deparam com o tema.  “O cinema de surf é mais do que ondas.”

 

PSFF Empreendedora por natureza, depois de vencer o primeiro lugar no British Surf Film Festival com o filme de surf “BE”, em 2011 (uma co-produção da Mind Act e a Wicked Stylish na Holanda), Susana quis criar nos mesmos moldes um “Portuguese Surf Film Festival”, surgindo assim a primeira edição em 2012.

 

“Na altura em que comecei a organizar e a pensar no festival achei que tinha de ter um conceito por trás e o conceito que achámos mais relevante era o da sustentabilidade”, explica. E é nisso que tem vindo a trabalhar, não ficando apenas por aqui. À semelhança dos anos anteriores,  a causa continua. Este ano, a organização do evento pediu para que fossem feitos doações de alimentos, no chamado “Surf For Food”, que serão distribuídos pelas comunidades mais carenciadas do concelho de Mafra.

Licenciada em Psicologia das Organizações e a trabalhar há 15 anos na área de formação corporativa e motivacional, Susana encontrou a motivação no empreendedorismo e é esse o seu foco.

 

A próxima paragem do Allianz Portuguese Surf Film Festival é na Figueira Da Foz, com a sessão de roadshows, que conta com 9 paragens, tendo já passado pela ilha terceira, Angra do Heroísmo e Torres Vedras.

 

O encontro está marcado para dia 9 de Agosto e contará com a mostra de alguns dos filmes vencedores desta última edição. 

 

 

BS

 

 

  • Créditos fotos: Rui Oliveira

Perfil em destaque

Scroll To Top