Itens relacionados

domingo, 04 outubro 2015 07:39

SIMÃO PENHA - UMA AVENTURA EM LAKEY PEAK

"Já no último dia e com a entrada em erupção do vulcão do monte de Raung ainda tivemos algumas peripécias pois para voltarmos de Sumbawa para Java"...

 

Simão Penha fez a sua primeira viagem à indonésia, mais precisamente a Lakey Peak. Uma onda situada na Ilha de Sumbawa. Esta onda é considerada como sendo perfeita e super consistente, embora também bastante concorrida. Simão conta à Surftotal na primeira pessoa esta experiência:

 

UMA AVENTURA EM LAKEY:

"Fomos um grupo grande, todos atletas da Academia Profissional de Surf, O Guilherme Fonseca, o Luis Perloiro, O Francisco Duarte, O Francisco Almeida, O Jakob Lilienweiss, O Salvador Couto e o Gonçalo Magalhães, foi também o nosso coach o Enrique Lenzano.

Fomos para lá para treinar, evoluir o nosso surf e claro também para nos divertirmos, num destino de sonho com ondas incríveis. Sim , foi a minha primeira vez em Lakey Peak e também na Indonésia. Quando cheguei estava com uma grande vontade de surfar mas as pranchas perderam-se e só chegaram no dia seguinte, assim apesar de estar com aquela pica para surfar tive que aguardar pelo dia seguinte…...

 

O SURF, A ENERGIA DO LOCAL E A ONDA:

A primeira surfada foi já no segundo dia, entramos muito cedo ainda estava escuro de noite até, no entanto quando chegamos ao pico tivemos a surpresa deste estar ja com umas 30 pessoas. E uma onda com força mas ao mesmo muito fácil de surfar e achei que era uma onda muito completa pois permitia uma grande variedade de manobras na sua extensão.

À minha volta observava algo muito natural e imaculado, para onde quer que se olhasse eram só paisagens lindas e nada a ver com os outros países industriais como estamos habituados, as pessoas eram todas muito simpáticas e fomos super bem recebidos em Lakey Peak especialmente no hotel onde estávamos.

O resto dos dias na viagem apanhamos sempre altas ondas, sempre com bastante crowd mas havia bastantes ondas por isso deu para aproveitar muito bem e tornando a viagem bastante produtiva e como nao poderia deixar de ser muito divertida tambem sempre num grande ambiente entre todo o grupo.

O CROWD:

Já o crowd local nao foi tão amigavel antes pelo contrario bastante agressivo em certas ocasiões mas isso nem de perto nem de longe era o suficiente para nos estragar a viagem ou tirar-nos o sorriso da cara perante a viagem que estavamos a fazer.

UM VULCÃO EM ERUPÇÃO E A VOLTA À PÁTRIA:

Já no último dia e com a entrada em erupção do vulcão do monte de Raung ainda tivemos algumas peripécias pois para voltarmos de Sumbawa para Java para o aeroporto internacional e porque a circulação aérea foi encerrada, fizemos uma viagem de carro atravessando 3 ilhas em ferry boats para chegar a Java , foram 22 horas por paisagens inesquecíveis mas também muito intensas pois para além da forma “maluca >” como se conduz por lá as estradas e alguns locais por onde passamos foram de alguma apreensão, tornando no entanto a viagem como uma aventura inesquecível para todos nós Foram de facto 10 dias incríveis e com certeza será uma viagem a repetir no futuro."

 

Por: Simão Penha

  • Créditos fotos: Arquivo Pessoal/Rip Curl/Amangati Hotel

Perfil em destaque

Scroll To Top