Gabriel à esquerda e John John à direita.. Confronto "Latino Americano", ao rubro Gabriel à esquerda e John John à direita.. Confronto "Latino Americano", ao rubro
segunda-feira, 03 outubro 2016 14:47

Quiksilver Pro France pode arrancar já amanhã com duelo Florence - Medina ao Rubro

John John Florence, Gabriel Medina e Matt Wilkinson na luta pela liderança do "ranking", com Slater à espreita e uma previsão de luxo para Hossegor

Estão reunidas as condições para um Quiksilver Pro France incrível. As previsões meteorológicas apontam para a influência de um conjunto baixas pressões vindas do Canadá a juntarem-se a ondulação do Mar do Norte numa conjugação de factores que promete uma ondulação de bom tamanho e período relativamente longo. O resultado: boas ondas já a partir de amanhã, o primeiro dia do período de espera.

Do ponto de vista competitivo, esta é a nona etapa das 11 previstas no calendário do CT, pelo que as coisas não poderiam estar mais acesas. O havaiano John John Florence chega a Hossegor como líder dp "ranking" do CT mas terá pela frente a implacável perseguição de Gabriel Medina que nunca ficou aquém do quinto lugar em França e é o campeão em título da etapa.

Quem também se costuma dar bem nos potentes beach breaks franceses é Matt Wilkinson. "Wilko" teve um início fulminante de temporada, com dois triunfos consecutivos (Gold Coast e Bells) mas tem perdido gás e vai, com certeza, apostar num regresso numa etapa que adora e onde é sempre bem recebido.

A correr "por fora", o veterano Kelly Slater. O onze vezes campeão mundial, idolatrado em França, vem de um início de época pouco fulgurante mas tem recuperado terreno e voltou a imiscuir-se nas contas do título após a vitória em Teahupoo. Veremos se o mágico de Cocoa Beach ainda tem alguma carta na manga.

Uma coisa é certa, com a previsão que se adivinha, John John, um dos melhores tube riders do Mundo, pode fazer estrago no Quiksilver Pro France. Tudo depende do que os bancos de areia gauleses reservem para os homens do CT.

O resultado pode ser muito interessante para a definição da liderança de John John, com Portugal e a etapa caseira do Havai no horizonte.

 

 


Perfil em destaque

Scroll To Top