Itens relacionados

quinta, 28 março 2019 17:08

Ribeira d’Ilhas Clássico ao rubro com os surfistas da nova geração

Mário Leopold, Martim Fortes, Afonso Antunes, Concha Balsemã e Maria Salgado em evidência.

Ribeira d’Ilhas recebeu o passado fim-de-semana de 23 e 24 de Março, a 3a Etapa do Circuito de Surf do Centro e simultaneamente a 1a Etapa do BILLABONG ERICEIRA 2019, by AÇAÍ AMAZON. A etapa contou com 96 inscritos, entre eles alguns dos melhores surfistas juniores do Surf Nacional, na procura de amealhar pontos para a qualificação para as finais nacionais das diversas categorias do C.N. de Surf Esperanças.


No sábado, com vento off-shore, realizaram-se as primeiras fases das categorias masculinas com ondas de cerca de 1 metro, havendo no entanto a necessidade de se interromper a prova devido à maré cheia. Retomada a prova, antecipando a previsão do aumento do tamanho das ondas para domingo, realizou-se a Final Sub 16 Feminina. Nesta final, realizada já ao cair da noite, a grande vencedora foi a Maria Salgado da ASSC, que deixou em 2o lugar do pódio a Lígia Ferreira do PPSC, seguindo-se as meninas da ABFM Carol Costa e Sofia Silva, em 3o e 4o, respectivamente. Neste Dia 1, em grande destaque estiveram o Afonso Antunes, João Mendonça, Matias Canhoto, Mário Leopoldo, Francisco Queimado, Tomás Gonçalves ou o Gabriel Ribeiro, que iam dominando os seus heats com scores a condizer.

*Concha Balsemão charging.


Domingo, a prova arrancou em palanque-duplo, cerca das 7h00, com os quartos de final dos Sub 14 no pico principal de Ribeira d’Ilhas e dos Sub 12 na Pedra Preta. Após este round a prova seguiu normalmente no pico de principal, com o mar a crescer de tamanho ao longo do dia e com a maioria dos surfistas a aproveitarem ao máximo todo o potencial das ondas da mais icónica praia da Reserva Mundial de Surf da Ericeira. É ainda de manhã que o Afonso Antunes numa das suas baterias arranca o score do dia – 10 + 9,70. Naturalmente que levou ao rubro o muito público presente.

Na categoria Sub-12, foi o jovem atleta de Peniche Mário Leopoldo (PPSC) que mais se destacou ao longo da etapa, levando de vencida esta categoria, numa final realizada a meio do dia devido à previsão da subida do tamanho das ondas com a viragem da maré. Na final obteve o score de 11,35, deixando em 2o o Joaquim Trindade (9,45), em 3o Jaime Veselko (9,35) e em 4o o Tiago Guerra (6,60).

*Mário Leopoldo venceu em sub 12


Na categoria Sub 14, o Martim Fortes, depois de marcar presença em diversas finais, conseguiu finalmente alcançar a vitória. Com o score combinado de 10,85, deixou em 2o, um dos mais sérios candidatos à vitória final, Matias Canhoto (9,79). Nos restantes lugares do pódio ficaram o Oliver Clinton (7,20), em 3o e Gustavo Viana (1,00), em 4o.

*Martim Fortes venceu em sub 14

Nos Sub 16, o Afonso Antunes esteve insuperável. A estrear-se este ano neste Circuito, dominou por completo todos os seus heats, com um surf muito progressivo fruto do seu enorme talento natural e de muito trabalho e dedicação, arrancando os scores mais elevados de todo o campeonato. Na 2a posição ficou o também muito talentoso João Mendonça com um score de 11,80, ficando o Francisco Queimado e o José Maria Ribeiro em 3o e 4o, respectivamente, com scores iguais de 10,10, sendo o factor de desempate entre ambos a melhor onda pontuada na final.

*Afonso Antunes venceu em sub 16 e sub 18.


Nos Sub 18 Feminino, a Concha Balsemão, este ano a representar o Ericeira Surf Clube, apresentou-se bastante forte, levando de vencida as suas oponentes com um score na final de 13,40, deixando a sua colega de Seleção Nacional, Carolina Santos, em 2o com um score de 11,60. Em 3o lugar ficou a talentosa Sofia Silva (6,50) e, em 4o, a actual Campeã do Circuito da Ericeira, Filipa Tavares (2,00).

*Zema Brusky a atacar a junção num belo momento de backside.

Para finalizar, nos Sub 18, uma vez mais o Afonso Antunes foi o dominador, mas teve adversários de outra valia, a exigirem que desse sempre o máximo. Na final, com a maré cheia a dificultar o desempenho dos Atletas e a acusarem o enorme esforço físico ao longo dos 2 dias, a vitória sorriu ao Afonso Antunes com um score de 12,85, ficando o "indomável" Gabriel Ribeiro em 2o, com um score de 10,75. Desta vez o João Mendonça, quedou-se pelo 3o lugar, a apenas 5 décimas do 2o lugar (10,70). No último lugar do pódio ficou novamente o goofie José Maria Ribeiro (9,85).

  • Créditos fotos: Gonçalo Forjaz Trigueiros

Perfil em destaque

Scroll To Top