segunda-feira, 28 setembro 2020 20:09

Ângela Fernandes e Tomás Lacerda são os campeões nacionais de SUP Wave

Definidos Campeões Nacionais de SUP Wave e SUP Race


A Praia Internacional do Porto consagrou os campeões nacionais de SUP Wave ontem, domingo, uma prova integrada no Porto&Matosinhos Wave Series. Ângela Fernandes e Tomás Lacerda são os novos titulares desta modalidade que regista um grande crescimento em Portugal.

Ângela Fernandes, do Surf Clube de Viana, e Tomás Lacerda, atleta do Clube Naval do Funchal, sagraram-se campeões nacionais nas categorias de Open Feminino e Open Masculino no Campeonato Nacional de SUP Wave, prova que se realizou hoje, domingo, 27 de setembro, na Praia Internacional do Porto. Esta competição integra o cartaz do Porto&Matosinhos Wave Series, sendo organizada pela Onda Pura Surf Center, com a colaboração das Câmaras Municipais de Matosinhos e do Porto, com o apoio técnico da Federação Portuguesa de Surf.
Tomás Lacerda foi o “atleta revelação” do fim de semana, já que ontem o surfista da Madeira conquistou também o título de campeão nacional no Campeonato Nacional de SUP Race Técnico, nas categorias de Open e Sub 18.
Apesar das condições difíceis que os atletas tiveram de enfrentar, com o vento que se levantou já próximo das finais, foi um grande espetáculo de Stand Up Paddle aquele que se viu hoje na Praia Internacional do Porto. Os participantes revelaram um surf poderoso e com grande técnica, demonstrando a evolução e qualidade do SUP nacional.

Numa final bem disputada por Tomás Lacerda, do Clube Naval do Funchal, Leonard Nika e Calili (Carlos Fidalgo), ambos do Peniche Surfing Club, e Gonçalo Gomes, do Coimbra SUP, foi Tomás quem conseguiu as melhores ondas, ultrapassando todos os concorrentes com um score final de 11.43. O atleta italiano Leonard Nika arrecadou a segunda posição, mas como não pontua devido à nacionalidade estrangeira, deu o título de vice-campeão a Calili, cabendo a Gonçalo Gomes o quarto lugar no podium deste campeonato nacional.
A categoria de Open Feminino foi disputada por apenas duas atletas, tendo Ângela Fernandes defrontado a atleta madeirense Verónica Silva (que ontem havia conquistado o título nacional em SUP Race Técnico), do Clube Naval do Funchal. A prova foi bastante renhida, com Ângela Fernandes a levar a melhor e a conquistar o título com um score de 4.10.

“Recebemos hoje a prova nacional de Stand Up Paddle na vertente de ondas, onde os melhores riders portugueses demonstraram um grande nível de surf com excelentes performances. Foi uma enorme satisfação organizar esta etapa única do campeonato nacional desta modalidade que regista um crescimento incrível, quer em número de praticantes, quer de atletas federados. A prova de hoje foi um sucesso, mesmo com todas as condicionantes que tivemos, devido à atual situação de pandemia, afirma Marcelo Martins, da Onda Pura Surf Center.

O Porto&Matosinhos Wave Series regressa no próximo fim de semana, com a realização do Campeonato Nacional de Surf Esperanças Sub 14, a 4 e 5 de outubro.

Créditos Fotos - Tó Mané


CLASSIFICAÇÃO

FEMININO
1.º Ângela Fernandes
2.º Verónica Silva

OPEN
1.º Tomás Lacerda
2.º Leonard Nika
3.º Calili (Carlos Fidalgo)
4.º Gonçalo Gomes

 

 

 

 

 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top