Itens relacionados

terça, 06 maio 2014 14:13

SUMOL PORTO PRO QUASE A COMEÇAR

Terceira etapa da Liga Moche começa sexta-feira.


A Praia Internacional, no Porto, recebe o Sumol Porto Pro, terceira etapa da Liga MOCHE – a principal competição do surf português, entre os dias 9 e 11 de Maio, já no próximo fim de semana. Numa altura em que o ranking masculino é liderado por Vasco Ribeiro, seguido de José Ferreira (2º) e Frederico Morais (3º) e o feminino tem na liderança Teresa Bonvalot, seguida de Carina Duarte (2º) e Ana Sarmento (3º), está na hora de seguir com mais uma etapa.


Para além da disputa pelos títulos nacionais masculino e feminino da modalidade, o Sumol Porto Pro conta também pontos importantes nos troféus paralelos, como o MOCHE Wildcards, que permitirá a atribuição de um convite para o campeonato de triagens da etapa do circuito mundial de surf, em Peniche, aos dez surfistas que melhores ondas fizerem ao longo do ano na Liga.


“É uma competição paralela muito gratificante,” afirma Nicolau Von Rupp, um dos surfistas que mais tem corrido atrás destes pontos. “É um sonho podermos competir no mesmo palco e ao lado dos melhores surfistas do mundo, sobretudo numa onda em que nos sentimos à vontade, que conhecemos bem. O objectivo é fazer parte dessa elite mundial, um dia, por isso encaro cada etapa da Liga MOCHE como uma oportunidade de eventualmente conquistar o título nacional, mas de fazê-lo com boas ondas em cada etapa, para medirmos forças em Outubro, ao lado dos melhores do mundo,” conclui o melhor surfista português no MOCHE Trials do ano passado.


Também a Malibu Expression Session estará presente no Sumol Porto Pro, premiando a melhor manobra com 500€ extra para o surfista que a executar. O vice-campeão nacional, Miguel Blanco, venceu esta competição paralela na etapa anterior, realizada na Ericeira, e mostra-se muito satisfeito com a sua existência.


“A Malibu Expression Session é aquele momento em que descontraímos totalmente, em que soltamos por completo o nosso surf, sem pressões de pontuações. São 30 minutos de boas manobras. Vencê-la na Ericeira foi óptimo e, se não for à final no Porto, vou voltar a tentar a vitória,” conclui.


Este ano há também a presença do Ramirez Júnior Award, um troféu que atribui igualmente 500€ ao melhor surfista júnior em prova. No Porto, o prémio será atribuído à melhor sub-16 da competição feminina.


“É muito bom poder contar com este prémio extra, que é um grande incentivo. É claro que vou tentar conquistá-lo,” confessa Inês Bispo, uma das jovens surfistas sub-16 inscritas no Sumol Porto Pro.


Todas as etapas da Liga MOCHE têm transmissão em directo no MEO Kanal 202020; pela internet, em www.liga.moche.pt; na app mobile Surf MOCHE, bem como na RTP, através de resumos dedicados.



Perfil em destaque

Scroll To Top