banner topf

Itens relacionados

terça, 27 maio 2014 11:13

ALLIANZ ALGARVE PRO: OS MELHORES REGRESSAM AO ALGARVE

Confere como estão os rankings antes desta etapa.

 

Chegados à quarta e penúltima etapa da principal competição nacional de surf, a Liga Moche, todos os pontos podem ser decisivos para a atribuição dos títulos nacionais, masculino e feminino. A prova do Algarve será fundamental, ou até mesmo absolutamente decisiva. Vejamos como estão os rankings nesta fase:


Temos na liderança do ranking masculino Vasco Ribeiro (SCCS), com 2610 pontos, que resultam de um 5º lugar na primeira etapa, na Caparica, e das duas vitórias que alcançou nas duas etapas seguintes, na Ericeira e no Porto.


No segundo lugar aparece Frederico Morais, também atleta do Surfing Clube Costa do Sol. O campeão nacional em título, tem um total de 2360 pontos. Frederico venceu a primeira etapa na Caparica, ficou em 9º na Ericeira e perdeu a final do Porto para Vasquinho.


Bem posicionado para ainda atacar o título está também José Ferreira (SCCS), que na terceira posição contabiliza 2200 pontos, com um 4º lugar na Caparica, um 2º na Ericeira e um 5º no Porto.


Tomás Fernandes (ESC) e Ruben Gonzalez (SCCS) completam o Top 5, com 1950 e 1790 pontos, respetivamente.

 

Na liga feminina Teresa Bonvalot (SCCS) lidera destacada, contando por vitórias duas das três etapas já realizadas: o Caparica Pro e o Sumol Porto Pro. De permeio ainda obteve um segundo lugar na Ericeira. Teresa soma 2860 pontos e um vitória no Algarve pode deixá-la com o título nas mãos, consoante os resultados que as competidoras mais diretas alcancem.


Na peugada de Teresa estão Ana Sarmento (ESC) com 2390 pontos, a atual campeã nacional Carina Duarte (ESC) com 2165 pontos, Camilla Kemp (ESC) com 2070 e Yolanda Sequeira (CNPTM), a grande surpresa da última etapa, com 1620.  

 

Allianz Algarve Pro


A quarta etapa da Liga MOCHE, o Allianz Algarve Pro, marca o regresso da principal competição do surf português ao concelho de Aljezur, após dezasseis anos de ausência. Entre os dias 6 e 8 de Junho, a praia do Amado volta a receber os melhores surfistas portugueses, para a penúltima etapa do circuito que atribui os títulos nacionais da modalidade.

 

“O Algarve é reconhecido pelo seu clima aprazível e praias ímpares, sendo palco frequente de eventos de cariz nacional ou internacional.Serão inúmeros os exemplos que se podem aqui invocar e que vão da motonáutica ao golfe, entre outros; curiosamente (e infelizmente) o surf parece ter vindo a passar um pouco à margem destes acontecimentos, com o Algarve a registar uma longa ausência no calendário da prova mais importante no calendário nacional da modalidade. Tal situação será, felizmente, corrigida em 2014. Aljezur, concelho com algumas das praias mais procuradas por praticantes de surf, acolherá a quarta etapa da Liga MOCHE, numa data carregada de simbolismo, por assinalar o início da época balnear.Gostaria de, em nome de todos os algarvios, desejar-vos boas ondas neste regresso do circuito à região.Esperamos por vós de braços abertos!” afirma Desidério Silva,presidente da Comissão Executiva da Região de Turismo do Algarve.

 

Este desejo é extensível à autarquia, cujo presidente, José Amarelinho, acrescenta ser com enorme satisfação que o Município de Aljezur acolhe, na praia do Amado, freguesia de Bordeira, a quarta etapa da Liga MOCHE. Voltar a fazer parte das grandes provas do circuito nacional de surf é motivo de orgulho para toda a região e é demonstrativo das potencialidades que esta costa apresenta, que são únicas para a prática desta modalidade. Quem visitar Aljezur nesses dias terá sem dúvida uma experiência que marca, num concelho que vale a pena conhecer, para desfrutar do que de melhor o Algarve tem. Bem vindos então a Aljezur, onde o surf acontece todo o ano!”

 

Alguns dos atletas mais felizes com esta notícia são claramente os surfistas locais, que nos últimos anos têm feito muitos quilómetros para poderem competir assiduamente nas etapas da Liga MOCHE, revelando um enorme desejo de mostrar um pouco por todo o país o que de melhor se faz a Sul.

 

“Estou muito contente, porque vou competir em casa! Só o facto de dormir na minha cama, de não ter de me preocupar onde vou ficar e de ir para uma praia que conheço bem, faz toda a diferença. Foi ali que tive a minha primeira experiência de surf, onde já venci alguns campeonatos... embora seja um fundo de areia, sem grandes segredos, a verdade é que me sinto muito à vontade no Amado e conheço bem aquelas ondas,” garantiu Miguel Mouzinho, um dos maiores talentos algarvios e Top 16 nacional.

 

Assim, de 6 a 8 de Junho, depois de um longo interregno, a Praia do Amado volta a receber a disputa pelos títulos nacionais de surf, com a presença dos melhores surfistas do país, numa etapa que pode ajudar a definir os seus principais candidatos.

 

Do imenso conjunto de talento local, para além de Miguel Mouzinho, destaque para surfistas como Marlon Lipke, Luca e Joackim Guichard, Francisco Canelas, João Mealha, Alex Botelho, Paulo Alves Almeida, Francisco Duarte ou Yolanda Sequeira, todos com potencial para baralhar as contas aos competidores que se encontram no topo dos rankings nacionais.

 

Ao nível dos troféus paralelos, estarão também em disputa no Allianz Algarve Pro as qualificações para os Moche Wildcards da etapa portuguesa do circuito mundial (lideradas por Vasco Ribeiro), a Malibu Expression Session, que atribui 500€ à melhor manobra e ainda o Ramirez Júnior Award, que irá premiar o melhor surfista sub-16 masculino da etapa, também com 500€ extra.

 

Todas as etapas da Liga MOCHE têm transmissão em directo no MEO Kanal 202020; pela internet, emwww.liga.moche.pt; na app mobile Surf MOCHE, bem como na RTP, através de resumos dedicados.



Perfil em destaque

Scroll To Top